Correggio – A VIRGEM DE SÃO FRANCISCO
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

avidesaf

A composição A Virgem de São Francisco é uma obra do pintor italiano Correggio. Foi encomendada pelos franciscanos da cidade onde nascera, para ornamentar a igreja de San Francesco. Trata-se do primeiro trabalho de Correggio, documentado com precisão, como sendo de sua autoria. Nele está clara a influência de Andrea Mantegna sobre ele. O claro-escuro que circunda as figuras seria uma das características da pintura do artista que à época contava com 25 anos de idade.

A Virgem Maria encontra-se entronada em meio a colunas clássicas, com seu Menino no colo, tendo à sua direita a figura de São Francisco, responsável por dar nome à composição, inclinado piedosamente, com seu hábito e seus estigmas. Outros santos também se encontram presentes: Antônio de Pádua, atrás de São Francisco, trazendo na mão direita um livro e na esquerda um lírio; Catarina de Alexandria, cujos atributos são a roda de madeira sob seus pés, a palma do martírio e a coroa no chão; João Batista, usando uma vestimenta de pele de cabra, amarrada a seu antebraço esquerdo, e um manto vermelho sobre ela.

São João Batista, com o dedo indicador esquerdo, aponta a Virgem e seu Menino Jesus ao observador, enquanto segura na mão direita uma imensa cruz que descansa recostada no lado direito de seu corpo.

O fundo da composição abre-se para uma suave paisagem. No céu uma nuvem branca traz a cabecinha de dez querubins que formam uma coroa acima da cabeça da Virgem. Dois outros de corpo inteiro, um de cada lado em diferentes direções, volteiam próximos aos capitéis das colunas. Mais abaixo, sobre a base do trono, dois querubins seguram um quadro ovalado, no qual se encontra o profeta Moisés segurando as Tábuas da Lei, o que remete às ilustrações na parte vermelha da base, mostrando “A Criação do Homem”, “O Pecado Original” e “A Expulsão do Paraíso”.

Ficha técnica
Ano – 1514
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 299 x 245 cm
Localização: Gemäldegalerie, Dresden, Alemanha

Fontes de pesquisa
Correggio/ Abril Cultural
http://artedescrita.blogspot.com.br/

2 comentaram em “Correggio – A VIRGEM DE SÃO FRANCISCO

  1. Antônio Messias

    Lu

    É muito difícil sair da apreciação de um “Caravaggio” e ver obras de outros autores de mesma escola e época.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Antônio

      O impacto das obras de Caravaggio no observador é realmente intenso, mas ainda assim é possível apreciar a beleza contida nas obras de outros artistas. Podemos dizer que é a beleza vista de diferentes prismas.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *