Jan Steen – ADORAÇÃO DOS PASTORES
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH 

adopa

A composição A Adoração dos Pastores é uma obra do pintor holandês Jan Steen (c.1625-1679). O artista estudou com com Nicolaes Knüpfer, Adriaen van Ostade e Jan van Goyen, tendo se casado com Margaretha van Goyen, filha do último mestre. Fez parte da Guilda de São Luca de Leiden. É tido como um dos importantes pintores holandeses do século XVII. Sua obra é vasta e diversa, na qual se incluem trabalhos narrativos e alegóricos, paisagens, apesar de poucas, e retratos, mas seu gênero predileto era as pinturas de gênero. É visto como um grande observador e o mais vivaz dentre os grandes pintores holandeses de interiores.

Na Holanda protestante do século XVII, os temas religiosos foram praticamente banidos. Os retábulos foram retirados das igrejas e os quadros religiosos só eram feitos sob encomenda para clientes particulares. Assim sendo, eles eram raríssimos. Eram vistos com frequência somente na obra de Rembrandt — na maioria das vezes retratando cenas alusivas ao Velho Testamento, com cunho didático ou simbólico. Mas, como o artista Jan Steen era católico, ele retratou inúmeros temas religiosos, incluindo o quadro deslumbrante que se vê acima.

Esta pintura é sem dúvida uma das mais belas no que diz respeito ao tema religioso em questão, com uma interpretação bem diferente da temática comumente usada por diferentes pintores. O que se tem é a impressão de que a Virgem Maria e seu esposo José convidaram os amigos da aldeia para comemorar o nascimento de seu Menino. Ela se encontra de um lado do pequenino Jesus, deitado em um caixote cheio de capim, enquanto um camponês, segurando seu cajado e olhando para a criança atentamente, posta-se do outro.

Várias pessoas adentram pela gruta trazendo os mais variados presentes. Uma senhora idosa oferece um prato com ovos a José que segura seu chapéu num gesto de agradecimento. Um homem, próximo ao bebê, tomba o corpo para frente para ver melhor a criança. Ele segura um galo nos braços, oferecido como presente. A criança, por sua vez, volta a cabecinha para trás, como se a ave tivesse chamado a sua atenção. Uma criança está atrás da Virgem e atrás dela está um homem tocando gaita de fole, festivamente. Uma mulher surge na porta carregando um tabuleiro na cabeça.

Aos pés do berço está um vasilhame de latão, com a tampa no chão, provavelmente contendo água. No canto inferior esquerdo, o que me parece ser uma mulher segurando um feixe de gravetos, acende o fogo, onde uma vasilha de barro, possivelmente contendo leite, esquenta. Mais ao fundo estão dois animais: o burrinho branco, arreado, e uma vaca preta com parte da cara branca. Cerca de 20 pessoas apresentam-se dentro e na porta da gruta.

Obs.: Existe uma réplica desta pintura no Castelo Wavel, na Cacróvia.

Ficha técnica
Ano: entre 1660 e1679
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 53 x 64 cm
Localização: Rijksmuseum, Amsterdam, Holanda

Fontes de pesquisa
A Enciclopédia dos Museus/ Mirador
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

2 comentaram em “Jan Steen – ADORAÇÃO DOS PASTORES

  1. Edward Chaddad

    LuDias

    Para mim, o quadro sugere muito a simplicidade, a humildade, a compaixão e o mais sublime – o amor. Tudo isto está unido nas imagens que a tela nos mostra e que você, com maestria, nos relata. Este lado da vida, aquela união em torno de um evento lindo, como é o nascimento e a confraternização em torno da família, mesmo por pessoas estranhas, mostra que podemos ser humanos e bons, jamais cruéis como muitos infelizmente hoje são.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Edward

      As pinturas religiosas tinham por objetivo abrandar o coração das pessoas através de passagens inerentes à vida de Cristo. Tratavam-se de uma busca pelos sentimentos enumerados por você. O pintor Jan Steen, em sua obra-prima, toca o coração das pessoas de uma forma maravilhosa.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *