O NU PROVENÇAL

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

ind.1234

O pintor francês Willy Ronny é o responsável por uma das fotografias mais belas de todos os tempos, O Nu Provençal, tendo como modelo sua esposa Marie-Anne Lansiaux. O casal havia acabado de comprar sua casa em Gordes, quando a fotografia foi feita, vindo a se transformar num enorme sucesso, conhecida em todo o mundo.

Marie-Anne e Willy Ronny conheceram-se quando se deu a ocupação nazista na França e os dois fugiram para Provence, casando-se logo após o término da Segunda Guerra Mundial. O casal ligou-se aos comunistas franceses. Eles viveram nessa casa até a morte de Marie-Anne, em 1991.

Willy Ronny fala aqui sobre a fotografia:

Tivemos uma pequena casa de pedra em Gordes. Foi um verão quente, e eu estava consertando o sótão. Eu precisava de uma colher de pedreiro, então eu vim para baixo e lá estava Marie-Anne nua nas bandeiras de pedra, lavando-se a partir da bacia de estanho. “Não se mova”, eu disse e, com as mãos cheias de gesso, peguei minha Rolleiflex e levou quatro tiros. Foi o segundo tiro que eu escolhi.

Demorou dois minutos em tudo. Existem milagres, eu experimentei. Eu nunca estive tão ansioso como quando eu desenvolvi esse filme. Senti que, se a imagem era boa, técnica e esteticamente, seria um grande momento na minha vida, um momento prosaico da poesia extraordinária.

Para mim, bastaria pintá-la, para que esta foto sensacional se transformasse numa bela tela de Vermeer, tão simples, sensível e bela ao mesmo tempo, onde se contrasta a delicadeza e a suavidade do corpo feminino com a rusticidade do lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *