Renoir – LISE COM SOMBRINHA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O júri havia estigmatizado Renoir como um rebelde, junto com Courbet, Manet e Monet. (Gary Tinterow – historiador de arte)

O pintor francês Pierre-Auguste Renoir (1841–1919) alegrava-se por ter nascido num família de grande talento manual, onde havia alfaiates, ourives e desenhista de modas. Para ele teria sido mais difícil se tivesse nascido numa família de intelectuais, pois teria levado muito tempo para se livrar das ideias recebidas. De origem humilde, aos 13 anos de idade Renoir deu início à sua carreira artística, pintando porcelanas, cortinas e leques para ajudar financeiramente sua família, composta por mais seis irmãos. Émile Laporte, seu colega nas aulas noturnas da Escola de Desenho e Arte Decorativa, incentivou-o a frequentar o ateliê do mestre suíço Charles Gleye, para que pudesse se ingressar na Academia, o que aconteceu dois anos depois.

A composição intitulada Lise com Sombrinha, ou simplesmente Lise, é uma obra-prima do artista que combina um retrato com uma paisagem. A elegante retratada é sua companheira Lise Tréhot — quase em tamanho natural — com quem viveu entre 1865 e 1871, tendo servido de modelo de muitas de suas obras.  Ao contrário de outros trabalhos seus que foram recusados, esta obra recebeu críticas positivas, tendo sido aceita pelo Salão de Paris em 1868. As iniciais do artista — AR — estão gravadas no tronco da árvore em segundo plano.

Lise encontra-se de pé numa clareira em uma floresta, com o corpo de frente para o observador e a cabeça virada para a sua direita. Usa um vestido longo de musselina branca, fechado até o pescoço, com uma enorme faixa preta que desce pela saia, caindo sobre a parte da vestimenta que descansa no solo. Suas mangas são transparentes. Finas fitas pretas compõem a renda das mangas e da parte de cima do vestido.

Sobre os cabelos presos Lise traz um pequeno chapéu de palha com fitas de tule vermelho em harmonia com seus brincos de pedras vermelhas. Ela segura na mão esquerda uma pequena sombrinha com cabo de marfim, ornada com renda preta na aba, que faz sombra sobre sua cabeça, pequena parte do tronco e no lado esquerdo do vestido. Sua vestimenta é típica de passeios ao ar livre no verão à época.

A parte do vestido branco que se encontra recebendo os raios solares mostra-se fulgurante, enquanto aquela que se encontra na sombra reflete um tom azulado. Ao fundo, o contraste claro-escuro dá ainda mais intensidade à luminosidade do branco. Ao deixar o rosto da retratada na sombra e o corpo sob a luz, o branco do vestido sobressai ainda mais.

Ficha técnica
Ano: 1867
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 182 x 113 cm          
Localização: Museu Folkwang, Essen, Alemanha

 Fontes de Pesquisa:
Impressionismo/ Editora Taschen
https://en.wikipedia.org/wiki/Lise_(Renoir)
https://useum.org/artwork/Lise-with-Umbrella-Pierre-Auguste-Renoir-1867

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *