Tarsila – MORRO DA FAVELA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de Lu Dias Carvalho

Tarsila12345678   (Faça o curso gratuito de História da Arte, acessando: ÍNDICE – HISTÓRIA DA ARTE)

O Morro da Favela, obra da pintora brasileira Tarsila do Amaral ((1886-1973), faz parte de sua Fase Pau-Brasil, fase em que a artista mostra uma grande exuberância de cores em seu trabalho. Era a obra preferida de seu amigo Blaise Cendrars.

No ano de 1923 Tarsila do Amaral, juntamente com seu companheiro à época, Oswald de Andrade, travaram conhecimento com Blaise Cendrars (pseudônimo de Frédéric Louis Sauser, romancista e poeta suíço e francês) que com eles viajou ao Brasil e aconselhou-a a produzir composições semelhantes a esta, quando ela demonstrou seu desejo de expor em Paris. Essa exposição aconteceu em 1926. Quando a artista esteve na cidade do Rio de Janeiro ali já apareciam as primeiras favelas cariocas, o que também lhe serviu de inspiração.

A obra apresenta uma variedade de pequenas casas, umas bem próximas das outras. As fachadas são irregulares, sendo algumas bem coloridas e outras escuras. Um casal, três crianças, um cachorro e um bicho esquisito de longo bico encontram-se na rua. Numa casinha azul, situada no canto superior da tela, vê-se uma mulher à porta. A composição apresenta diferentes planos.

Dois coqueiros e uma grande árvore de copa arredonda aparecem ao fundo. Em primeiro plano encontra-se a vegetação (cactos e outros tipos de vegetação) tão peculiar à obra da artista. Vejamos as personagens vistas na pintura:

  • uma mulher negra com sua saia azul e blusa branca;
  • um homem negro também usando as mesmas cores em sua vestimenta;
  • uma mulher negra na porta de uma casinha pintada de azul;
  • uma garota subindo o morro;
  • duas crianças paradas no chão de terra batida;
  • dois animais fazem parte da cena: um cachorro farejando o chão e uma ave estranha, parecida com um pato.

À época a população pobre foi obrigada a ceder seu lugar na cidade para a revitalização dos centros. Essas pessoas foram empurradas para os morros, vivendo ali como marginais, sem direito as benesses do progresso presente nas partes ricas da cidade. Apesar de sua denúncia, o quadro da artista mostra beleza, tranquilidade e harmonia. A magia das cores presentes na tela transforma a favela num lugar idílico, como tudo que Tarsila retratava com seus pincéis.

Ficha técnica
Ano:1924
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 64 x 74 cm
Localização: coleção particular, Brasil

Fontes de pesquisa
Tarsila do Amaral/ Coleção Folha
Tarsila do Amaral/ Folha Grandes Pintores
Tarsila, sua obra e seu tempo/ Aracy. A. Amaral

Visits: 136

36 comentaram em “Tarsila – MORRO DA FAVELA

  1. Prof. Cleyton

    Olá,
    Atuo como professor no Fundamental I em Itupeva/SP. Nosso município possui um projeto educacional sobre Tarsila do Amaral e suas colocações sobre a obra nos inspirou a trabalhá-la em um estudo filosófico com os 5º Anos a respeito das várias perspectivas sobre as favelas.

    Gostaria de deixar nossos mais sinceros agradecimentos.

    Responder
    1. Lu Dias Carvalho Autor do post

      Prof. Cleyton

      Parabéns pela iniciativa do projeto. Tarsila do Amaral, tanto a sua vida quanto a sua arte são inspiradoras. Há vários textos no site sobre a obra de Tarsila. Fiquem à vontade para aproveitá-los. Sobre o quesito “favelas” também lhe indico o pintor brasileiro Heitor dos Prazeres. Fale sobre o nosso site com seus alunos e colegas.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Lidyane

      Será sempre um prazer poder ajudar as mães a ajudarem seus filhos nas tarefas caseiras.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Janyne Vitória

      Fiquei muito feliz com a sua visita e o seu comentário. E mais ainda ao saber que a ajudei na sua tarefa. Traga seus colegas e amigos para conhecer o nosso espaço e continue sempre por aqui.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Deyvison Henrique

      Sinto-me imensamente feliz ao saber que pessoas como você acompanham o meu trabalho que é feito com muito amor. Será sempre um prazer recebê-lo.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Rui

      É verdade, pois as pessoas sofrem muito ali, enquanto os ricos vivem em mansões nababescas.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Ariene

    Lu

    eu quero saber como é o nome do bairro onde ela mora, será que você pode me ajudar? Estou um pouco entediada e preciso fazer um trabalho de artes e também saber o nome dela todo e qual o tipo de obra que ela fez.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Ariene

      Tarsila do Amaral já é falecida faz muito tempo. Vou lhe enviar (via e-mail) tudo o que precisa saber. Bom trabalho!

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Ana

      É sempre um grande prazer receber pessoas generosas e em busca de conhecimento como você. A sua visita muito honrará este espaço. Temos mais de 30 categorias com assuntos diversos. E todo comentário será respondido. Venha mesmo!

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Wesley

      Sinto-me feliz ao saber que pude ajudá-lo. Agradeço sua visita e comentário. Fale com seus colegas sobre o blog e volte mais vezes.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Igor

      Todas as informações sobre a obra estão contidas no texto. Abaixo do texto você encontra a ficha técnica e as fontes de pesquisa. Leia com calma e atenção. Leia também sobre a vida da pintora, para entender melhor sua arte.

      Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre!

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Carol

      O quadro foi pintado com tinta a óleo, mas não sei qual foi a marca da tinta.

      Agradeço a sua presença e comentário. Volte sempre.

      Seu e-mail está incorreto.

      Beijos,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Dafne

      Fico feliz ao saber que pude ajudá-la. Foi um grande prazer receber sua visita e comentário. Volte mais vezes e fale de nosso blog para seus colegas e amigos.

      Beijos,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Edlandia

      É um grande prazer receber a sua visita aqui no blog. Além de pinturas, o site conta com 32 categorias diferentes. Também amo a pintura de Tarsila do Amaral. Temos outros trabalhos dela aqui. Convide seus colegas para conhecer este espaço e volte sempre. Obrigada também pelo comentário.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Miguel

      Que coisa boa! Fico feliz ao saber que o ajudei de alguma forma.
      Volte sempre para ler o blog.

      Abraços,

      Lu

      Responder
        1. LuDiasBH Autor do post

          Daiana

          Nada a agradecer, minha amiguinha, será sempre um prazer recebê-la aqui no blog. Repasse o endereço do site para seus colegas.

          Abraços,

          Lu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *