UM PROPÓSITO DE VIDA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria do Dr. Telmo Diniz

Colocar na vida um propósito verdadeiro, ajuda a fazer com que ela se torne mais colorida e proporciona alívio nas horas mais duras e difíceis.

Caro leitor, você tem um propósito na vida? Bom, primeiramente, é importante sabermos do significado do que é ter um propósito de vida. É tudo aquilo que orienta nossa trajetória e está intimamente relacionado com a nossa personalidade. É o que justifica o porquê de levantarmos da cama todos os dias. Ter propósito, em última instância, está relacionado com nossos talentos, ações, objetivos, sonhos e aspirações.

A vida é bem complexa e colocar nela um propósito verdadeiro certamente vai ajudar a fazer com que se torne mais colorida. Seu propósito é o que vai dar alívio nas horas mais duras e difíceis. Todos os dias, bilhões de pessoas ao redor do mundo seguem suas rotinas sem se perguntar qual é o propósito de suas vidas. Entretanto, temos de parar em meio à correria do dia a dia e nos perguntarmos: para onde isso que eu faço todos os dias vai me levar?


Um estudo conduzido por três pesquisadores de universidades inglesas (College London, Princeton University e Stony Brook University) revelaram que pessoas que viam sentido real no que faziam tinham 30% menos chances de morrer precocemente do que as demais. A pesquisa acompanhou um grupo de 9.050 ingleses, com idade média de 65 anos, e dividiu os participantes em quatro grupos: desde os que tinham um claro propósito de vida até os que não tinham nenhum.

O resultado apontou que 9% dos que tinham um propósito faleceram durante o estudo, contra quase 30% dos que não tinham nenhum propósito. Ou seja, quem tem propósitos de vida firmes vivem mais e melhor. Quem não tem algo no que acreditar ou que faz seu coração bater mais forte costuma andar em trevas pela vida. Podem entrar em depressão por não ter certeza de qual é o seu lugar no mundo.

Encontrar o seu propósito de vida parece ser uma tarefa complexa, mas a partir do momento em que você passa a se conhecer melhor e passa a obter as respostas certas, passará a dar passos mais firmes em direção a seus objetivos. Portanto, tire alguns minutos de seu tempo para refletir. Dê preferência a um local onde não possa ser interrompido. Pegue papel, caneta e responda às perguntas de maneira totalmente honesta consigo mesmo:

  • Quem eu realmente sou?
  • Qual a minha importância para o mundo?
  • Quais são minhas qualidades e como posso utilizá-las dando minha contribuição?
  • Quais são meus maiores talentos?
  • Quando penso em mim, quais são as principais características que me vêm à mente?
  • O que realmente me dá prazer e que eu gostaria de fazer?
  • O que me faz vibrar? O que me faz feliz? O que me faz sorrir?
  • O que faz meu coração bater mais forte?
  • Qual a atividade que me leva a esquecer do tempo?
  • O que eu defenderia com unhas e dentes?
  • Como eu quero que os outros se lembrem de mim?
  • Qual o legado gostaria de deixar?

As respostas verdadeiras irão ajudá-lo a definir seus propósitos de vida.

Robert Louis Stevensos, escritor britânico, falou que “Um objetivo na vida é a única fortuna valiosa que se pode encontrar. Não se deve procurá-lo em terras estranhas, mas dentro do coração”.

Nota: Mulher com Gato, obra de Di Cavalcanti

2 pensou em “UM PROPÓSITO DE VIDA

  1. Hernando

    Dr. Telmo

    Acredito que o propósito de vida verdadeiro nesta existência no planeta Terra deva ser feliz. O dilema maior é conseguir entender a fórmula mágica para alcançar esse elixir que é a felicidade.

    Vivemos num mundo totalmente desigual, concentração de riqueza material nas mãos de poucos em detrimento de uma gigantesca maioria desprovida de recursos e possibilidades. Manter um corpo físico e mente em equilíbrio requer o necessário para proporcionar um mínimo de dignidade humana.
    E muito importante descobrir o mais rápido possível os talentos que cada um possui, afim de aumentar suas chances de atingir seu propósito de vida com ações verdadeiras e capazes de transmutar sua vida e a de todos aqueles que fazem parte de seu convívio – público privado.

    Infelizmente, as escolhas geralmente são impostas de fora para dentro em virtude de fatores econômicos, políticos, sociais,culturais, morais e religiosos que ceifam toda a capacidade de desenvolvimento intelectual que está inserida no âmago da sua essência. É fundamental quebrar paradigmas estabelecidos por instituições como família, religião, Estado, sistema econômico… afim de possibilitar uma libertação dessas interferências padronizadoras e encontrar seu “eu” verdadeiro e caminhar em busca de um propósito de vida verdadeiro – ser feliz.

    Responder
  2. Mate

    Texto interessante demais. A correria e a rotina não deixam tempo para pensar. De vez em quando precisamos de um alerta como este.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *