Almeida Júnior – RETRATO DE D. PEDRO II
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

retdompe

O imperador dom Pedro II foi retratado no Brasil em diferentes trajes e por diferentes pintores. As encomendas, em sua maioria, destinavam-se às províncias do país, com o objetivo de difundir a imagem do imperador brasileiro. Dentre os pintores estava Almeida Júnior, a quem o imperador ofereceu uma bolsa de estudos na Europa.

Na composição Retrato de D. Pedro II, o imperador é apresentado elegantemente vestido, a meio-corpo, usando uma farda de almirante. O polegar da mão esquerda, assentado no botão do colete branco, demonstra que o retratado está usando luvas brancas. Traz várias insígnias no peito e uma faixa azul sob a farda, de alguma Ordem. O rosto iluminado do imperador põe em evidência as rugas da testa e em volta dos olhos. Seus cabelos mostram-se dourados e a barba muito branca e bem aparada.

O retrato porém não agradou a Affonso de Taunay, que, em 1939, na inauguração da Galeria Almeida Júnior do Museu Paulista, da qual era o diretor, disse em discurso que considerava o retrato “menos feliz” que os outros feitos pelo artista, além de ter sido “feito provavelmente sobre modelo fotográfico”. É sabido que o artista abria mão das poses cansativas para executar seus retratos pela observação da fotografia, atraindo muitas críticas à época. Mas essa prática não era apenas usada por ele, pois foi desenvolvida por grande parte dos pintores a partir da metade do século XIX, sendo considerada uma arte menor.

Ficha técnica
Ano: 1889
Dimensões: 96 x 75,5 cm
Técnica: óleo sobre tela
Localização: Acervo do Museu Paulista da Universidade de São Paulo, Brasil

Fonte de pesquisa
Almeida Júnior/ Coleção Folha

2 comentários sobre “Almeida Júnior – RETRATO DE D. PEDRO II

  1. Alfredo Domingos

    Lu,
    Vou lhe dizer: na tela acima, vale apenas a barba de D. Pedro! Não precisava de mais nada. Maravilha de obra!
    Para completar, um dedinho gaiato pra dentro do colete!
    Parabéns pelo texto! Chamar de obra, já tudo está dito.

    Abraço,

    Alfredo Domingos.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Alf

      Também fiquei impressionada com a perfeição da pintura. O cabelo também chamou a minha atenção. Almeida Júnior era realmente muito talentoso. Quando ampliadas, suas pinturas surpreendem-nos com detalhes primorosos.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *