CONVERSA MOLE PARA BOI DORMIR

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH lixo123

Meu avô Joaquim Valentim não era um homem letrado, mas extremamente sábio. Era a ele que um bando de netos, curiosos e inquietos, recorria para compreender melhor o mundo, já que os adultos achavam que pergunta de criança não deve ser levada em consideração, pois o tempo de ela conhecer a vida ainda irá chegar.

De uma feita, nós que só vivíamos a rodear nosso vovô, captamos uma conversa sua com o seu compadre Euclides Matos. Ainda que estivéssemos envolvidos com nossas bolinhas de sabão saindo dos talos de mamona, e não déssemos qualquer importância à prosa dos dois, pescamos certa “conversa mole para boi dormir” que acendeu a nossa bisbilhotice. O que se deveria falar para que o boi dormisse? Será tal fala serviria também para cavalos, cachorros, carneiros, gatos…?

Mal a visita saiu, pois não podíamos nos intrometer em conversa de gente grande sob pena de ganhar um bom castigo, rodeamos apressados nosso “dindim”, pois assim o chamávamos, em busca de uma explicação que matasse a nossa curiosidade. Queríamos saber que conversa era aquela que fazia boi dormir.

Nosso avô pegou sua caneca azul esmaltada, com seu cafezinho cheiroso, assentou-se calmamente em sua preguiçosa de lona com listras amarelas e marrons, esperou que todos nós nos acomodássemos a seu redor e se pôs a nos explicar, como o mais dedicado dos mestres:

– Meus filhos, sempre existiu e sempre existirá neste mundo de meu Deus, gente que fala muito, mas não se apura nada de sua prosa. Gosta de contar vantagem ou vem com desculpas esfarrapadas, ou com um lero-lero querendo engabelar as pessoas, levar vantagem. Gente assim não é verdadeira, ao contrário, é muito perigosa, pois dá nó até em pingo d’água.

Meu primo Miltinho, querendo mais explicações, perguntou em sua candura:

– Dindim, por que não pode ser conversa mole para cachorro dormir? Por que só pode ser boi?

Ao que ele calmamente respondeu:

– Por que o boi, meu menino, em todos os tempos, foi sempre um animal muito importante na vida do homem…

Célia, a mais nova do grupo, antes mesmo que nosso avô terminasse de dar sua resposta ao último indagador, atalhou apressada:

– Como se dá nó em pingo d’água, dindim?

Nosso vovô pressentiu que aquela seria uma longa conversa, em se tratando de criaturinhas tão curiosas, ávidas por conhecer o mundo. Respirou fundo, pediu para alguém lhe trazer mais café e continuou…

Nota: imagem copiada de www.culturamania.com.br

2 comentários sobre “CONVERSA MOLE PARA BOI DORMIR

  1. Alfredo Domingos

    Lu, todas as histórias que envolvem ditos populares, provérbios, crendices e outros são ótimas. Carregam curiosidades e ensinamentos, quem não gosta?
    Fazem bem à criança e ao idoso. A todo tipo de gente.
    É bastante interessante quando o blog prestigia esses tipos de escrita.
    Abraço,

    Alfredo Domingos.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Blog

      Eu acho muito interessante pesquisar sobre expressões idiomáticas e provérbios populares.
      Eles nos trazem grandes surpresas.
      Também é uma forma de preservar a língua e conhecê-la melhor.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *