Corregio – MERCÚRIO ENSINANDO CUPIDO…
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

mecu

A composição Mercúrio Ensinando Cupido diante de Vênus, também conhecida como Vênus com Cupido e Mercúrio, ou ainda, A Escola do Amor, é uma obra do pintor renascentista italiano Corregio (c.1469-1534), cujo nome oficial era Antonio Allegri, tido como um dos mais renomados artistas do Alto Renascimento italiano. É provável que tenha tido como mestre o pintor Francesco Bianchi Ferrari. Recebeu influências de Andrea Mantegna, Leonardo da Vinci, Rafael Sanzio e Michelangelo. Em sua busca para levar leveza e elegância a seu trabalho, acabou por ser um pioneiro na pintura ilusionista.

Presume-se que esta pintura, que fazia parte da coleção do Duque de Mântua, fez par com “Antíope”, que se encontra hoje no Museu do Louvre. Ela representaria o “amor intelectual”, enquanto a segunda simbolizaria o “amor físico”.

Vênus, Mercúrio e Cupido, em primeiro plano, encontram-se numa clareira na floresta. A deusa está próxima ao filho, a quem o deus Mercúrio (Hermes) mostra algo escrito. Vênus é vista de frente, nua, como uma deusa alada, carregando um manto vermelho no ombro esquerdo. Mercúrio, também nu, sentado, com parte de seu manto azul no ombro e no colo, olha carinhosamente para o pequeno deus. Ele não traz seu capacete alado, como é comumente mostrado, portanto, trata-se de uma representação incomum em relação aos dois deuses mitológicos.

Ficha técnica
Ano: c. 1525
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 91 x 155 cm
Localização: Galeria Nacional, Londres, Grã-Bretanha

Fonte de pesquisa
Enciclopédia dos Museus/ Mirador
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *