Giorgione Barbarelli – OS TRÊS FILÓSOFOS

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

 Autoria de LuDiasBH

otrefi

A composição Os Três Filósofos é uma obra do pintor italiano Giorgione Barbarelli, com uma pequena colaboração do artista Sebastiano del Piombo, em razão da doença de Giorgione, segundo alguns. Trata-se de uma pintura cheia de simbolismo, que até agora apresenta inúmeras suposições e o mesmo número de discordâncias. Assim como a temática da pintura, o nome real da obra é também desconhecido.

Barbarelli apresenta três figuras masculinas debaixo de um bloco de árvores: um homem velho, outro de meia-idade e um jovem. Vejamos algumas das suposições:

  • tais figuras alegóricas simbolizam o conhecimento em diferentes períodos: o homem mais velho (grego) representaria Platão ou Aristóteles – simbolizando a Antiguidade; o de meia-idade (árabe) representaria Averróis ou Avicenna – simbolizando a Idade Média; o jovem anônimo (europeu) representaria a ciência do Renascimento;
  • as três figuras representam os três estágios da humanidade: juventude, meia-idade e velhice;
  • tais figuras representam três épocas da civilização europeia: Antiguidade, Idade Média e Renascimento;
  • as três figuras representam as religiões abraâmicas, etc;
  • as figuras são a representação dos Três Reis Magos (a Sagrada Família estaria na caverna, à esquerda);
  • os personagens seriam a descrição das três etapas do conhecimento: a filosofia grega, que começou a ciência; a cultura árabe-persa, que deu continuidade; a Renascença, que foi a continuação do processo;
  • a aurora emitindo raios luminosos ao fundo, também é vista como uma das alegorias da composição. Representaria um novo caminho trilhado pelo homem em relação ao saber, fruto da atividade científica;
  • a caverna poderia simbolizaria o conceito filosófico da Caverna de Platão.

De qualquer forma podem ser encontrados na composição:

  • três idades do homem;
  • três compleições distintas;
  • três nações diferentes.

Em segundo plano vê-se uma aldeia, com algumas edificações e um vasto campo verde, e mais ao fundo são vistas montanhas azuladas. Existe também a hipótese de que tal quadro possa ter sido cortado em todos os lados.

Ficha técnica
Ano: c. 1505/09
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 121 x 141 cm
Localização: Kunsthistorisches Museum, Viena, Áustria

 Fontes de pesquisa
Giorgione Barbarelli / Abril Cultural
http://www.wga.hu/html_m/g/giorgion/various/threephi.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *