Giotto – CRUCIFICAÇÃO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

A composição Crucificação, também conhecida como Descendo ao Limbo, é uma obra do arquiteto e pintor italiano Giotto de Bondone. Trata-se de um pequeno painel relativo à fase mais madura da carreira do artista. Faz parte da época em que Giotto dirigia um dinâmico estúdio em Florença, na Itália. Presume-se que grande parte desta obra foi feita pelos alunos do artista.

Jesus Cristo encontra-se pregado à cruz, ocupando o centro da tela. De suas feridas jorra sangue abundantemente, principalmente da que se encontra abaixo do peito, de onde o líquido sai em golfadas. Ele não traz coroa de espinhos, mas uma auréola dourada. Dois anjos azuis estão abaixo de cada mão e dois vermelhos acima, de modo a contrabalançar o sólido grupo abaixo. O drapeado do lençol que cinge parte do corpo de Jesus mostra o grande talento de Giotto. As figuras presentes na tela são tridimensionais, trazendo a impressão de que é possível tocá-las.

Aos pés de Cristo estão São Francisco e o casal de doadores da obra.  À sua direita, Maria, mãe de Jesus, é amparada pelas Três Marias (Maria Madalena, Maria de Cléofas e Maria Salomé), que choram. E à sua esquerda estão São João Evangelista, Nicodemos e José de Arimateia, de quem se vê apenas parte do rosto. Os dois não possuem auréola, assim como o casal de doadores. Chama a atenção na pintura seu fundo dourado, o que retira a crucificação de Cristo de seu contesto histórico, mas, por outro lado, dá mais ênfase às personagens presentes na cena.

Ficha técnica
Ano: entre 1320 a 1325
Técnica: têmpera sobre madeira
Dimensões: 45 x 43 cm
Localização: Pinacoteca de Munique, Alemanha

Fontes de pesquisa
Enciclopédia dos Museus/ Mirador
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *