Hans Baldung – A VIRGEM E O MENINO COM DOIS PAPAGAIOS

Autoria de LuDiasBH

AVIRMEPAP

O pintor alemão Hans Baldung não apenas trabalhava com temas religiosos, mas também com clássicos e profanos, uma vez que a Igreja não tinha encomendas suficientes para tantos pintores, à época. Na composição A Virgem e o Menino com Dois Papagaios, ele mistura elementos sacros e profanos, tendo resultado numa bela combinação.

A Virgem Mãe amamenta seu filhinho (Maria lactans), motivo muito comum no final da Idade Média, cuja influência encontra-se nas representações da deusa egípcia Ísis, alimentando seu filho Hórus. Ela se parece com uma mulher comum, mas de extrema beleza. Seus longos cabelos ruivos caem-lhe pelos ombros. Seu colo alvo ostenta um colar de pérolas e a cabeça uma fina tiara. Seu seio esquerdo encontra-se à vista. Sua mão direita está pousada acima do seio, enquanto a direita segura a criança. Um papagaio, pousado em seu ombro, parece querer tocá-la no rosto, talvez daí resulte a inclinação de sua cabeça para a direita.

O menino, nu, deixa de sugar o mamilo da mãe, para observar algo que chama a sua atenção. Sua pele é bem mais rosada e seus cabelos são loiros, e parece que uma auréola circunda sua cabecinha.

À direita da Virgem, um anjo segura, com as duas mãos, um fino véu, que cobre parte da cabeça de Maria e a sua. Ele parece enlevado em seu trabalho, enquanto mira o rosto da Virgem. Na mesa, onde se encontra o menino Jesus, há um segundo papagaio, pousado na ponta. Ele parece observar o menino. Um dossel verde-escuro encontra-se acima dos personagens.

Ficha técnica
Ano: c. 1527
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 91 x 63,2 cm
Localização: Germanisches Nationalmuseum, Nuremberga, Alemanha

Fonte de pequisa
1000 obras-primas da pintura europeia/ Editora Könemann

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *