ÍNDIA – GANDHI E SEU CASAMENTO (III)

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH                                               casam1

À época, era uma prática usual, em muitas regiões da Índia, e ainda continua sendo nos povoados mais distantes, os pais arranjarem para o filho, ainda criança, uma noiva escolhida por eles. Alegavam que se tornava necessário garantir uma boa esposa para o menino, dentro da casta específica e com status social, já lhe resguardando um bom futuro. E com Gandhi não foi diferente. Filho de pais tradicionais, ainda criança acabou noivando três vezes. As duas primeiras noivas crianças morreram.

Aos sete anos de idade, Gandhi ficou noivo da terceira garota. Seu casamento foi realizado quando ele completou 13 anos, ou seja, 5 anos após o noivado, fato que não lhe trouxe nenhuma alegria, ainda que tal acontecimento fizesse parte dos costumes hindus. Em sua biografia ele escreveu sobre o assunto: “Não posso enxergar qualquer argumento moral para dar suporte a este casamento absurdamente precoce.”. No mesmo dia em que ele se casou, também contraíram matrimônio seu irmão Karsandas e um primo que tinha a mesma idade dele. As despesas da festa foram divididas entre seu pai e o tio.

O fato é que Gandhi não parecia talhado para o casamento, tanto é que sua indiferença pela esposa Kasturba Kapadia, conhecida por Ba, e pelos filhos ficaria bem clara na sua vida de chefe de família, mesmo quando já adulto. O casal nascera no mesmo ano, sendo ela mais velha apenas alguns meses. Ela não havia frequentado a escola e era, portanto, analfabeta. Tinha como única obrigação ficar dentro de casa e aprender com a mãe a ser uma boa esposa. Sobre a primeira noite de núpcias ele escreveu: “Ah! Naquela primeira noite, duas crianças inocentes mergulhavam desordenadamente no oceano da vida!”.

O casal morava na casa dos pais de Gandhi, costume comum à época. Conforme a tradição, eles não mantinham nenhum tipo de contato afetivo durante o dia, só podendo ficar juntos à noite, e dentro do próprio quarto, sem a presença de outras pessoas.

Gandhi lamenta não ter ensinado sua esposa a ler e a escrever. Segundo ele, era difícil ensinar alguma educação a ela, que não se sentia constrangida em ser analfabeta. Além disso, à noite, quando tinha um tempo livre, o “amor libidinoso” era também um obstáculo. Assim ele se redimiu: “Tenho a certeza de que, se o meu amor não tivesse sido totalmente maculado pelo desejo sexual, ela teria sido hoje uma senhora erudita.”.

Gandhi estava na casa dos 15 anos quando seu primeiro filho veio ao mundo, mas acabou morrendo dias depois do nascimento.

Fontes de pesquisa:
Gandhi, Ambição Nua/ Jad Adams
Gandhi/ Louis Fischer
Blog Indiagestão
Líderes que Mudaram o Mundo/ Gordon Kerr

Nota: Imagem copiada de almalavada1.blogspot.com

2 comentários sobre “ÍNDIA – GANDHI E SEU CASAMENTO (III)

    1. LuDiasBH Autor do post

      Henrique

      Gandhi teve quatro filhos com sua esposa Kasturba:
      Harilal, Devdas, Manilal e Ramdas

      Obrigada pela visita.
      Repasse o endereço do blog para seus contatos.

      Grande abraço,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *