Mondrian – A ÁRVORE VERMELHA

Autoria de LuDiasBH

aarve

A composição A Árvore Vermelha é uma obra do artista holandês Piet Mondrian. Ela faz parte de sua obra inicial, ainda na Holanda, portanto, anterior à fase parisiense. Embora em sua criação, o artista parta da observação de um elemento concreto da natureza, sua execução afasta-se da mera imitação fotográfica. Nela, Mondrian empregou uma técnica parecida com o pontilhismo de Seurat e vestígios de uma deformação que leva a Van Gogh.

Mondrian, em sua busca pela simplicidade, despoja o elemento principal de seus atributos secundários. Na pintura, ele provê sua paleta com as três cores primárias: vermelho, azul e amarelo. Como se tratava de uma de suas primeiras pinturas, a abstração ainda não é total, podendo o observador vislumbrar com facilidade a figura de uma árvore. No que tange à abstração da cor desta e em relação à simplicidade do design, já é possível notar na paisagem o estilo estético que o pintor alcançaria.

A Árvore Vermelha é uma composição pós-impressionista, que mostra os primeiros passos do artista em direção àquilo que ele considerava como forma ideal, a que deu o nome de neoplasticismo. Ao fundo da pintura esboça-se o contorno de uma cidade. Com esta pintura, o artista melindrou a crítica holandesa da época, que não viu talento nenhum na sua pessoa.

Ficha técnica
Ano: c. 1909/1910
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 70 x 99 cm
Localização: Gemeentemuseum, Haia, Holanda

Fontes de pesquisa

Gênios da pintura/ Abril Cultural
http://www.wikiart.org/en/piet-mondrian/avond-evening-the-red-tree-1910

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *