O APRENDIZ DE FEITICEIRO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

   mendigo12mendigo1

A expressão aprendiz de feiticeiro refere-se a uma pessoa que desencadeia forças e se vê incapaz de controlá-las, ou seja, não dá conta do recado. Ela nasceu de uma fábula de Goethe que conta o seguinte:

O mestre em feitiçaria ensinou a um novo aluno algumas palavras cabalísticas secretas, mas o pupilo, sem a presença do professor, resolveu testá-las por conta própria, de modo que ordenou a um cabo de vassoura que fosse ao rio buscar um balde de água para ele tomar um banho. E, prontamente foi obedecido, só que não conseguia fazer parar o trabalhador incansável que se pôs a trazer água ininterruptamente.

O aluno curioso passou a se desesperar, sem saber que medida tomar para conter tanta água. Então, partiu o cabo de vassoura ao meio, pensando quebrar as pernas do eficiente operário, mas o tiro acabou saindo pela culatra. Em vez de um cabo de vassoura, agora eram dois a lhe trazerem água. Desesperado, começou a cortar os cabos, pensando cortar-lhes as pernas. Mas, quanto mais dividia os cabos em pedaços, mais os ajudantes multiplicavam-se. O aprendiz já estava se afogando debaixo daquele mundaréu de água, quando, por sorte do dito, o feiticeiro chegou para botar um fim naquela bizarra situação.

Na vida real existem muitos aprendizes de feiticeiro, que não entendem de determinados assuntos, mas botam o nariz em tudo, na maioria das vezes sem serem chamados. E acabam dando com os burros n’água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *