O DEFENSOR DAS BELEZAS DO BRASIL

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

    ave12  ave123

O homem destrói os mananciais e vai ter, em breve, que guerrear por água. A luta agora é pelo petróleo, mas daqui a apouco será pela água, pelo oxigênio. (Araquém Alcântara)

De onde só se tira e não se põe, um dia tudo mais tem que se acabar. (Frase de um vaqueiro)

O brasileiro Araquém Alcântara tornou-se conhecido em todo o mundo pela beleza de suas fotografias tiradas em solo brasileiro. Já possui mais de 21 livros publicados, dentre eles se encontra a famosa obra Terra Brasil.

Assim como todo fotógrafo comprometido com a natureza, o objetivo do trabalho de Araquém Alcântara é abrir os olhos da humanidade para o fato de que, se o nosso planeta continuar sendo explorado, como vem acontecendo nas últimas décadas, chegará um tempo em que suas belezas não passarão de lembranças vistas apenas em fotografias. Infelizmente, algumas de suas fotos já não passam mais de um pedaço de papel ou de uma imagem virtual. Para ele, a fotografia pode modificar posturas e impedir que os desastres ecológicos continuem acontecendo. E, quanto mais pessoas falarem da beleza do Brasil, celebrando a natureza com seus bichos, sua flora, assim como suas raízes e culturas, mais o brasileiro se conscientizará de suas responsabilidades para com o país, pois o Brasil precisa conhecer o Brasil. E não existe ecologia sem o homem, sem sua interação com o meio ambiente. O fotógrafo está coberto de razão.

Cinema é fotografia, explica Araquém Alcântara e, segundo ele, foi o filme japonês, A Ilha Nua, de Kaneto Shindo, com suas imagens inesquecíveis, que o despertou para a força e para o poder que possui a imagem, pois ela sempre passa uma mensagem, interfere, mexe com a emoção. Conta que a sua primeira máquina foi adquirida em 1979, com o dinheiro recebido pela “foto de uma onça nadando num igarapé de Manaus”. E que há mais de 30 anos vem documentando o Brasil e se sente revoltado com o processo visível de desertificação do patrimônio nacional. Lamenta o crime de lesa-humanidade perpetrado pelos governantes do passado e do presente, que nunca se preocuparam em implantar uma política ambiental em nosso país. Lamenta que tudo esteja sendo destruído: cerrado, Mata Atlântica, Floresta Amazônica, num ritmo alucinante.

Muitas das árvores da Floresta Amazônica possuem até 300 anos, revela o fotógrafo, e estão sendo retiradas para darem lugar ao pasto e ao plantio de soja, deixando um solo pobre, que não tardará em virar deserto, enquanto em outras regiões do país, as árvores estão sendo retiradas para darem lugar ao plantio de eucalipto. As madeireiras agem inescrupulosamente, na calada da noite, quando não há fiscalização da polícia federal. Os caminhões saem abarrotados de toras, também à noite, ou levam guias falsas. O mogno é a madeira mais cobiçada. Até madeireiras do exterior existem por aqui.

O trabalho de Araquém Alcântara merece todo o nosso aplauso. Aguardemos seus novos trabalhos, pois, segundo ele, possui material para trabalhar durante “muitas vidas”.

Fonte de pesquisa:
Pancron News

2 comentários sobre “O DEFENSOR DAS BELEZAS DO BRASIL

  1. Mário Mendonça

    Lu Dias

    Infelizmente estamos fadado ao desaparecimento, visto que quem explora os recursos naturais são o primeiro mundo. Os ianques estão prontos para atacar a Síria por causa de seus recursos naturais e todo mundo (manipulado) pensa que é por causa de guerra química.
    Espero que a Rússia e a China impeçam o massacre…..a Europa está caindo nessa barca furada….

    Abração

    Mário Mendonça

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      É verdade que foram os países ricos os primeiros a destruírem a natureza.
      Agora, resolveram postar suas fábricas nos países pobres como a Índia e a China, que estão muito satisfeitos, destruindo seus recursos naturais.
      É mesmo uma pena!

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *