Pintor Anônimo – A DESCIDA DA CRUZ

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

 Autoria de LuDiasBH

A composição denominada A Descida da Cruz, cena clássica da arte cristã, é uma obra religiosa atribuída a um pintor anônimo e talentoso da oficina do pintor holandês Rembrandt Harmenszoon van Rijn. É provável que o pintor tenha sido Constantijn van Renesse. Embora o mestre tenha, sem dúvida, orientado na criação desta obra, não foram encontradas, pelos estudiosos de arte, evidências de suas próprias pinceladas.

A cena apresenta o corpo sem vida de Cristo sendo descido da Cruz para a preparação de seu sepultamento. Um grupo de pessoas, dentre elas sua Mãe Maria, José de Arimateia, Nicodemos e apóstolos, ali estão presentes. José de Arimateia, com sua vestimenta vermelha e uma expressão de grande sofrimento, recebe cuidadosamente nos braços o corpo do Mestre, como se o apresentasse aos presentes, silenciosos e sofridos. Atrás dele, um homem na escada, portando uma tocha de luz, alumia a descida. Sua mão esquerda diante do lume impede que este se apague. A luz que do archote emana, recai sobre José de Arimateia segurando o corpo de Jesus e sobre a Virgem Maria, à esquerda.

A palidez vista no rosto de Maria parece refletir o branco mortal do corpo sem vida de seu filho Jesus. Ela desmaia nos braços de uma mulher. A cruz, muito alta, forma um rígido ângulo reto com a massa de figuras, embaixo. Duas escadas escoram-se no madeiro, uma à esquerda e outro à direita, para possibilitar aos homens a retirada do corpo crucificado. Embaixo, dois homens trazem os braços abertos para receberem o corpo, enquanto uma mulher, próxima, expressa uma profunda dor. A cena acontece durante a noite.

Ficha técnica
Ano: c. 1653

Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 143 x 111 cm
Localização: Galeria Nacional de Art, Washington, EUA

Fontes de pesquisa:
Enciclopédia dos Museus/ Mirador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *