ROTINA X NOVAS EXPERIÊNCIAS

Autoria do Dr. Telmo Diniz

brue

O ano se inicia. O Natal e as festas de Ano Novo se foram, e, para alguns, acabaram-se as férias também. Enfim, chegou a hora de programar o ano de 2016 com rotinas antigas, mas agregando novos passos ao desenvolvimento pessoal. Boa parte das pessoas tem uma rotina habitual. O sujeito acorda, vai ao banheiro, faz um xixi básico e escova os dentes. Toma o banho e faz o desjejum. Vai para o trabalho ou escola. Fica lá um período e retorna para casa. Faz a refeição da noite, escova os dentes e vai dormir. Na manhã seguinte começa tudo outra vez.

Com o início do ano é importante fazermos uma reflexão para saber se a nossa rotina está agradável, e se pode ser otimizada, visando uma melhoria na qualidade de vida. Cada um deve se perguntar: existe algo que posso fazer por mim? Conceitualmente, a rotina é “uma sequência de procedimentos, de costumes habituais. É o modo como se realiza alguma coisa, sempre da mesma forma. É um itinerário, um caminho habitual, aquele que se faz todos os dias. É o gosto pelo tradicional e que se opõe ao progresso”. Se a rotina se opõe ao que é novo, devemos agregar a ela algo a mais. Mas como poderemos fazer isto?

Você fez alguma coisa nova hoje? Pare e pense por um instante. Experimentou alguma nova experiência, aprendeu algo novo, uma nova comida, comprou uma roupa nova, foi a um novo lugar, fez um trajeto diferente para o trabalho, conheceu novas pessoas? Não fez nada disso? Pois bem, saiba que tentar coisas novas é bom para a mente e para o corpo, além do mais nos renova e nos faz sentir mais vivos.

A rotina é necessária para que tenhamos uma vida mais organizada, entretanto isso não implica que não possamos mudá-la. Estar preso em uma rotina é deixar que a vida aconteça no automático. Você acorda, reclama que não dormiu direito, pega o carro, enfrenta o trânsito, vai para o trabalho, almoça, pega o carro novamente e mais trânsito, chega a casa, janta, liga a TV e vai dormir. E assim vai acontecendo sua vida. E a cada dia que passa tem a sensação de que o tempo está passando mais rápido. Se for assim que deseja viver, ok! Caso contrário, saiba que pode fazer algo para melhorar seu dia a dia. Comece procurando por algo diferente dentro da sua rotina. Além de estimular sua mente constantemente, você estará aprendendo, crescendo e, principalmente, divertindo-se mais. Estará fazendo um grande investimento em você. Desafie a si próprio a fazer isto e tome as rédeas da vida.

Não é tão difícil como parece. Comece com coisas mais simples durante a semana e, durante os finais de semana, faça algo mais desafiador. O importante é fazer algo que você goste e sinta bem. Viaje mais, acampe, corra de kart, aprenda a fazer uma nova receita, a fazer um novo drink, corra, dance e sorria mais. Faça qualquer coisa, desde que seja algo novo para você e que lhe dê prazer. São esses os momentos que criam histórias, aquelas que irá contar para seus netos. São esses os momentos que fazem você se sentir bem.

Nota: A Luta entre o Carnaval e a Quaresma, obra de Pieter Bruegel, o Velho

6 comentários sobre “ROTINA X NOVAS EXPERIÊNCIAS

  1. Rui

    Dr Telmo
    Se não fizermos coisas novas, não somos recompensados, certo é que devemos refletir e perguntar a nós mesmos: O que fiz eu de novo na minha vida? E porque não fiz? Seus textos são sempre ricos, pois é nas ações simples que estão as riquezas da vida. Sinto-me recompensado quando me alimento dos seus textos.

    Abraços

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Rui

      Você disse:
      “Sinto-me recompensado quando me alimento dos seus textos.”

      Isso é maravilhoso! O doutor Telmo possui o dom de escrever pouco e ensinar muito. Também amo os textos dele.
      Abraços,

      Lu

      Responder
      1. Rui

        Lu
        Nós podemos nos alimentar de palavras sábias, como as doutor Telmo e as suas. Certo é que não devemos fazer o mesmo com palavras vãs.

        Um abraço

        Responder
  2. Leila Gomes

    Lu,

    Realmente é preciso inovar para que o dia a dia não fique cinza. Coisas diferentes e prazerosas trazem cor e sabor.

    Abraços,

    Leila

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Leila

      E sobretudo fazer essas inovações com as pequenas coisas que encontramos no nosso dia a dia. Quem fica procurando grandes momentos passa a vida apenas na procura. Concordo plenamente com você.

      Beijos,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *