Rubens – O RAPTO DAS FILHAS DE LEUCIPO

Autoria de LuDiasBH a carta123456

Peter Paul Rubens era eclético em relação aos temas retratados, sendo que, ao longo de sua carreira, pintou inúmeros temas mitológicos. A composição acima, O Rapto das Filhas de Leucipo, apresenta o momento lendário em que os gêmeos semideuses, Castor e Polux, raptam as duas filhas do Rei Leucipo, Hilária e Febe.

Castor, montado no seu cavalo, pega uma das garotas pela perna esquerda e ombro direito, enquanto Polux, de pé, ajuda-o, com a mão direita e parte do tronco, a levantar uma das moças, enquanto tenta levantar a outra, usando perna e braço esquerdos.

Castor parece usar uma armadura negra e traz nas costas um manto vermelho desfraldado que lhe desce pelo corpo. Um anjo segura as rédeas de seu cavalo. Polux, desce de seu cavalo para ajudar no rapto. O manto negro que usa deixa parte de seu tronco nu. Como no irmão, seus músculos salientes denotam o uso da força.

As duas irmãs são brancas e possuem cabelos doirados a cairem-lhes pelas costas. Ambas estão em posição de luta, na tentativa de se livrarem dos dois raptores. A primeira, já quase totalmente dominada, carrega um manto vermelho, com o qual Castor tenta levantá-la. A segunda, ainda no solo, tem seu manto vermelho dourado no chão, e parece representar mais resistência.

Há um acentuado contraste entre as mãos avermelhadas, fortes e enérgicas masculinas e as mãos femininas pálidas e delicadas.

Ficha técnica:
Data: c. 1618
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 224 x 210,5
Localização: Alte Pinakothek, Munique

Fontes de pesquisa:
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *