Veronese – A CEIA EM EMAÚS

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

aceem

A composição A Ceia em Emaús é uma obra do pintor maneirista italiano Paolo Veronese. A partir desta obra, o artista passa a incluir um grande número de personagens em seus trabalhos. O tema é de somenos importância, pois o que interessa ao pintor é mostrar a sociedade de Veneza, seus nobres com seus palácios e jardins.

Esta pintura, que tem como temática uma passagem bíblica, não traz no tema central o seu real motivo, ou seja, este não domina a composição, mas sim a presença dos personagens que dele fazem parte, embora se mostrem alheios ao real significado da passagem religiosa, como se o que importasse fosse o momento presente e não o passado, mesmo sendo esse real ou imaginário. A cena é situada num ambiente suntuoso com suas colunas clássicas caneladas.

É possível notar que a cena parece fazer parte do cotidiano de tais pessoas. A figura de Cristo, embora ocupe a parte central da mesa e da pintura, não ganha o destaque merecido, seguindo a tradição do título da obra. Duas garotinhas, vestidas ricamente, à frente da mesa, brincam com seu cachorro, totalmente alheias ao acontecimento. O mesmo acontece com um garoto à direita, de costas para a mesa, e outro à esquerda, abaixado.

Ao redor do Mestre, que traz os olhos voltados para os céus, segurando o pão com a mão esquerda e abençoando-o com a direita, estão dois homens sentados. Próximo a Cristo, um garçom, com um pano vermelho na cabeça, serve a mesa. À sua direita, outro homem carrega uma bandeja com carnes. Um grande grupo de classe rica , indiferente aos acontecimentos, ocupa a parte direita da composição, onde se vê uma mulher carregando um bebê, tendo ao lado o esposo, apresentando sua imensa prole. Dois garotos pobres são vistos à esquerda de Jesus, sendo um deles negro, quase imperceptível, ao fundo, e raro para a época.

Através do vão triangular é possível ver uma cidade ao fundo, pessoas e colinas. Nesta composição, o pintor, ainda muito jovem, não mostra um perfeito domínio de seu estilo, misturando vários gêneros de pintura, tanto é que tema dos Evangelhos e de Veneza renascentista agregam-se e embaralham-se.

Ficha técnica
Ano: c. 1560

Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 290 x 448 cm
Localização: Museu do Louvre, Paris, França

Fontes de pesquisa
Veronese/ Abril Cultural

1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *