Degas – A ORQUESTRA DA ÓPERA
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

a ordo

A composição denominada A Orquestra da Ópera é uma obra do pintor Edgar Degas, que era um aficionado pelo mundo do teatro e da ópera. Chamava a sua atenção a beleza decorativa dos instrumentos.

Para pintar esta tela, Degas baseou-se no retrato de um amigo, que tocava fagote na Ópera de Paris. Também reuniu outros amigos, que lhe serviram de modelo, sendo alguns músicos e outros não.

O interessante é que o artista não se atém à perspectiva geométrica, colocando em planos horizontais o palco, os músicos e as bailarinas. Os músicos, no fosso, tocam enquanto as bailarinas executam o balé. A posição dos instrumentos, em sua maioria, aponta para o palco, principalmente o arco dos violinos. Não aparecem na composição: a batuta do maestro, parte das costas do contrabaixista e as cabeças das dançarinas.

O observador sente como se estivesse atrás do fosso da orquestra, acompanhando a apresentação. Pela postura dos músicos e suas feições, vê-se que se encontram em ação. O contraste de luz também ajuda a delimitar os espaços, pois, enquanto as bailarinas estão mais iluminadas, usando tons cor-de-rosa e azul, os músicos ficam na sombra com seus ternos negros e camisas brancas.

O músico amigo de Degas, em cujo retrato ele se baseou, é Désire Dihau, centralizado em primeiro plano, próximo ao baixista sentado na cadeira. Degas mostrou-o em ação, tocando o seu fagote, dando-lhe maior espaço na tela.

Atrás dos músicos, acima do balaústre do camarote, vê-se a cabeça de um espectador.

Ficha técnica
Ano: 1870
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 56,5 x 46 cm
Localização: Musée d’Orsay, Paris, França

Fontes de pesquisa
Edgar Degas/ Coleção Folha
Degas/ Cosac e Naify

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *