Goya – O SABÁ DAS BRUXAS

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

goya123456

A obra de Goya denominada O Sabá das Bruxas faz parte de sua série de Pinturas Negras. A temática envolvendo feitiços e bruxarias era comumente usada pelos artistas, para atacarem a chamada Santa Inquisição. Os mesmos temas eram usados pela Igreja para subjugar o povo espanhol.

O Sabá das Bruxas mostra um bode com longos e sinuosos chifres enfeitados, assentado sobre as duas pernas traseiras, no meio de um círculo de mulheres jovens e idosas, simbolizando a figura de satanás. Elas lhe oferecem crianças, com as quais ele se alimenta, como símbolo de extremo servilismo e devoção.

O bode dirige sua pata esquerda para  a criança mais robusta, sem encará-la, rejeitando a esquelética a seu lado, assim como as demais. A dona da criança escolhida, tem no rosto um ar de estupefação e regozijo, por seu presente ter sido o selecionado. Ela se encontra com o filho nos braços, já na posição de entregá-lo ao demônio.

No lado inferior esquerdo da composição, um cadáver infantil jaz no chão, atrás da figura de branco, enquanto a mulher de tronco despido carrega no ombro uma vara com uma fieira de bebês mortos. Próxima à mulher de roupa escura com a criança raquítica nos braços, é possível ver as perninhas de uma criança, que se esconde sob o véu amarelo da mãe.

Uma meia-lua branca  surge em meio ao céu escuro. Morcegos esvoaçam em direção à cena. Montes escuros compõem o tenebroso cenário.

 Ficha técnica
Ano: 1797-1798
Técnica: óleo sobre tela a partir de um afresco
Dimensões: 44 x 31 cm
Localização: Museu Lázaro Galdiano, Madri, Espanha

Fontes de pesquisa
Goya/ Abril Coleções
Goya/ Coleção Folha
Goya/ Editora Manole Ltda.

2 comentários sobre “Goya – O SABÁ DAS BRUXAS

  1. Antonio

    Gostei da matéria, algo que tem incrementado o nosso conhecimento, Gostaria de mais matéria como essa. Convido você a visualizar o meu blog.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Antônio

      Irei conhecer o seu blog com o maior prazer. E muito obrigada pela visita que foi feita ao Vírus da Arte & Cia. e pelo comentário aqui deixado.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *