Pinturicchio – ANUNCIAÇÃO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

anunc

A Anunciação do pintor italiano e renascentista Pinturicchio é uma das mais complexas, em razão do grande número de detalhes que este belíssimo afresco contém. O artista coloca em segundo lugar a representação dos personagens, que são relativamente pequenos, levando em conta a monumentalidade da arquitetura imaginária do artista e a sua rica decoração feita com ornamentos clássicos.

A cena retrata o encontro entre a Virgem e o anjo mensageiro no interior de um ambiente muito rico. Ela se encontra de pé, em frente a seu genuflexório, onde se vê aberto o seu livro de orações, o que leva o observador a deduzir que ela se encontrava rezando, antes da chegada do anjo. Volta-se para ele, com os olhos cabisbaixos, numa atitude de humildade e submissão. Uma de suas mãos toca o livro, enquanto a outra se encontra em atitude de cumprimento.

O anjo mensageiro, ajoelhado diante de Maria, traz na mão esquerda um ramo de lírios brancos, símbolo da pureza da Virgem, e com a direita cumprimenta-a. Anjo e Virgem possuem as cabeças circundadas por uma auréola, o que legitima a divindade dos mesmos.

À esquerda, na parte superior da composição, vê-se uma nuvem trazendo Deus-Pai com um globo na mão esquerda, tendo uma miríade de anjos a acompanhá-lo. Ele abençoa o encontro entre Maria e seu enviado. Uma pomba branca, representando o Espírito Santo, vinda da nuvem onde se encontra Deus-Pai, aproxima-se de Maria, deixando para trás seu rastro luminoso.

O espaço pictórico onde acontece a cena é imenso. À medida que se aproxima daquilo que parece um terraço, descortina-se uma vista para o jardim e a cidade. À direita, na parte inferior da composição, atrás da Virgem, vê-se na parede o autorretrato do pintor e logo acima dele, um livro aberto. Esta obra é um ponto alto na pintura do Renascimento na Úmbria.  Não foram encontradas suas dimensões.

Ficha técnica
Ano: 1501
Técnica: afresco
Dimensões: [?]
Localização: Cappella Baglioni, Santa Maria Maggiore, Spello, Itália

Fonte de pesquisa
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

6 comentários sobre “Pinturicchio – ANUNCIAÇÃO

  1. Marco

    Arte é vida! Essa sua iniciativa é louvável. Sempre que tenho tempo visito virtualmente museus de todo o mundo. Louvre, Capela Sistina (Vaticano), História Natural de Nova Iorque. Mas falta a explicação do especialista.

    Grato, Lu!

    Marco

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Marco

      Ao dar uma olhada sobre arte, principalmente pintura, na internet, observei que a imensa maioria dos blogueiros postava uma pintura e pedia aos leitores para comentar. Eles não levam em conta que cada quadro tem a sua história, e, que o leitor precisa conhecê-la antes de poder dar a sua opinião. É preciso conhecer a simbologia da época em que foi feita, para decifrar melhor uma obra de arte. Além disso conto com a ajuda do Prof. Pierre Santos, que também escreve neste blog, que é crítico de arte e responsável por acompanhar restaurações de obras do Vaticano. Quanto a mim, não tenho formação em arte, mas sou uma pesquisadora incansável, pois também quero aprender.

      Um grande abraço,

      Lu

      Responder
      1. Marco

        Lu! Podes não ter formação acadêmica em arte, porém, ao me referir a especialista em arte, aparto-me do conceito academicista e me embrenho na essência de todo aquele que a produz. Sua produção não nasce nas cátedras. Lá se aprende o tecnicismo. É no coração, Lu! Na sede que brota todo sentimento. É ali que se produz arte. Como tu tens um enorme coração, considero-a uma especialista em muitas coisas. Em relação a artistas que nunca frequentaram academia de artes, veja o exemplo do Willy Zumblick. Poderia dar um belo post aqui.

        Segue o link: http://www.zumblick.com.br

        Marco

        Responder
        1. LuDiasBH Autor do post

          Marco

          Todos nós podemos ser autodidatas naquilo que gostamos. E o fazemos com mais interesse, pois traz-nos uma imensa alegria o aprofundamento no assunto, sem estar imbuído na obrigação. Eu me encontro entre essas pessoas. E venho aprendendo muito. Quando pesquiso um quadro de pintura, por exemplo, é como se eu adentrasse naquele mundo concebido por ele. Posso ficar horas e horas ali, tentando descobrir coisas, imaginando a época, etc.

          Irei ver o pintor indicado. Obrigada pela sua visita querida.

          Abraços,

          Lu

  2. Marco

    Bela tela! Com seus textos Lu, a beleza do senso comum das telas ganham validade científica, naquilo que intersecta com a arte!
    Mui agradecido!

    Marco Dantas

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Marco

      Quando mencionei para alguns amigos que ia trabalhar com arte, eles me desanimaram, dizendo que os acessos seriam escassos. Contudo, qual não tem sido a minha surpresa com o número de acessos recebidos. As pessoas amam a arte, o que acontece é que ela é muito cara para nós brasileiros. Por isto, tento trazer o melhor que encontro para o leitor, levando-o a conhecer belas obras da humanidade, ainda que não possa ir aos museus estrangeiros. E quando encontro leitores como você, sinto que escolhi o caminho certo.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *