Rubens – VÊNUS E ADÔNIS

Autoria de LuDiasBH

VEADON

A composição denominada Vênus e Adônis é uma obra do pintor barroco Peter Paul Rubens, o mais importante de todos os pintores flamengos do século XVII. Rubens tinha na mitologia um de seus principais temas.

Na composição, Vênus tenta impedir o jovem Adônis de partir para a caça, com medo de que ele seja morto por algum animal selvagem. A deusa do amor e da beleza, nua, trazendo apenas um véu branco na perna direita, mas que lhe cobre a púbis, encontra-se de frente para o observador, agarrada ao moço. Os seus cabelos revoltos mostram a sua ansiedade e preocupação com o rapaz.

Adônis, o vigoroso amante de Vênus, de costas para o observador, usando uma túnica vermelha, traz a cabeça virada para a deusa. Sua mão direita toca-lhe a perna, enquanto na esquerda traz uma lança. Sua postura é a de quem se encontra firme em sua decisão de partir, sem se importar com os rogos da amante. Sua pele mais escura contrasta com a brancura da pele de Vênus. Dois enormes cães, à frente do jovem, mostram-se ansiosos para partir.

Cupido, o deus do amor, filho de Vênus com Marte, agarra, com os dois bracinhos, a perna direita de Adônis, tentando impedi-lo de partir para a caça. Ele olha sério para a cabeça do moço. Atrás de si estão seus atributos: o arco e a aljava cheia de setas. A cena acontece debaixo de uma grande árvore. Ao fundo, vê-se uma tranquila paisagem.

Segundo o mito, Cupido, o deus do amor, filho de Vênus, fez com que sua mãe acabasse se apaixonando pelo jovem e intrépido Adônis. A deusa receava que ele pudesse ser morto por um animal selvagem, mas ele, em sua altivez, não se deixou guiar por seus conselhos. Queria provar a si mesmo que seria capaz de obter a caça que quisesse. E foi assim que acabou sendo morto por um javali. Para consolar-se de sua imensa dor, Vênus transformou o sangue de Adônis numa flor parecida com a romã, conhecida por anêmona ou flor-do-vento.

Ficha técnica
Ano: 1636-1638
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 197,5 x 243 cm
Localização: Kunsthistorisches Museum, Viena, Áustria.

Fontes de pesquisa
O Livro de Ouro da Mitologia/ Thomas Bulfinch
Mitologia/ LM
http://www.wga.hu/html_m/r/rubens/23mythol/42mythol.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *