NOVO ESTILO – ART NOUVEAU (Aula nº 91)

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

       

O estilo denominado Art Nouveau — termo que em francês significa “Arte Nova” — floresceu nas últimas décadas do século XIX. Trata-se de um estilo artístico que se fez presente nas artes gráficas, artes plásticas, artes decorativas, design, arquitetura e escultura. Materiais como cerâmica, madeira, ferro, vidro e cimento foram muito usados por tal estilo.

O termo Art Nouveau em Paris dizia respeito ao nome de uma loja. Na Itália era conhecido por Stile Liberty, nome de uma loja de departamento inglesa. Na Alemanha recebia o nome de Jugendstil em razão do jornal moderno de nome Die Jugend. O maior impacto deste estilo versátil e decorativo, popular em toda a Europa e Estados Unidos, foi sobre as artes aplicadas (ou utilitárias) que passaram por um grande desenvolvimento na década de 1880, época em que pintores, arquitetos e escultores dedicaram-se intensamente à fabricação e à decoração de objetos úteis, como mostram as peças de vidro de Louis Comfort Tiffany (ilustração central) e René Lalique (ilustração à esquerda), assim como os cartazes de Mucha e os desenhos de Charles Rennie Mackintosh.

A Arte Nova, assim como o Simbolismo, abraçou o elemento da fantasia. A diferença encontrava-se no fato de essa buscar primeiramente o efeito decorativo, sendo também o primeiro estilo a contar com a comunicação de massa. Sua influência na arte foi da pintura e arquitetura à arte gráfica e design. Ao abster-se de conteúdo emocional e narrativo, contribuiu para abrir caminhos para o surgimento da arte abstrata. Dentre suas características estão a valorização do trabalho artesanal, o uso das formas da natureza (folhas, flores, etc.) e o uso de símbolos.

O que se buscava através da Arte Nova era, através do planejamento, dar vida a um estilo internacional moderno, tendo como base a decoração. Tinha por características o uso de linhas fluentes muito estilizadas, motivos orgânicos inspirados nas plantas, apreço pelos padrões lineares sinuosos, o predomínio das formas naturais estilizadas (folhas, gavinhas, etc.). As mulheres que figuravam na Arte Nova eram levemente inspiradas nas “femmes fatales” — anteriormente popularizadas pelos simbolistas —, mas sem aludir à sedução, carregando um objetivo meramente decorativo.

Várias fontes contribuíram para dar origem à Arte Nova, como as gravuras japonesas, o movimento britânico Arts & Crafts, as estilizações empregadas por artistas como Paul Gauguin, Vincent van Gogh e Edvard Munch. Tal estilo herdou do movimento simbolista a busca da evocação e da expressão, assim como parte de sua iconografia: lírios, esfinges, vampiros, etc. De certa forma a pintura simbolista também criou uma arte decorativa com o predomínio de referências, associações e sentimentos. A obra “O Beijo” de Gustav Klimt é também considerada como pertencente à Art Nouveau.

O artista hamburguês Otto Eckmann (ilustração à direita) — um dos mais importantes ilustradores da revista alemã Die Jugend (Juventude) — foi um grande seguidor da Arte Nova, tendo criado desenhos para móveis, cerâmicas e papéis de parede. O pintor holandês Jan Toorop que iniciou sua carreira como simbolista acabou abraçando as obras puramente decorativas deste estilo. Hector Guimard criou estruturas fortes e rítmicas que sugeriam insetos e asas de borboletas para as entradas do metrô de Paris. O espanhol Antonio Gaudí foi um grande arquiteto do estilo em Barcelona. Algumas de suas obras podem ser vistas no Parque Güell, em Barcelona, Espanha.

Ao contrário dos outros estilos estudados, a Art Nouveau recebeu nomes diferentes, levando em conta o país onde marcava presença: “Jugendstil” (estilo da juventude) na Alemanha; “Stile Liberty” ou “Arte Nuova” na Itália; “Secessão” na Áustria e na Hungria; Style Glasgow” no Reino Unido; “Style Tiffany” nos Estados Unidos; “Modernista” na Espanha, etc.

Fontes de pesquisa
Tudo sobre arte/ Editora Sextante
Manual compacto de arte/ Editora Rideel
 A história da arte/ E. H. Gombrich
História da arte/ Folio
Arte/ Publifolha

4 comentaram em “NOVO ESTILO – ART NOUVEAU (Aula nº 91)

  1. Hernando Martins

    Lu

    Muito interessante este novo estilo chamado Art Nouveau ou arte arte nova,originário da Europa,especificamente da Bélgica.Como a arte é sempre um resultado do momento histórico, não poderia ser diferente com a Art Nouveau, surgida no final do século XIX com a industrialização a todo vapor e o fortalecimento de uma burguesia abonada. A Art Nouveau rompeu com o academicismo, criando novos elementos artísticos e técnicas inovadoras, influenciada pela indústria e suas inovações. Utilizou linhas sinuosas e trabalhos exóticos na arquitetura, design de móveis, xilografia, litografia,pictórica e várias outras modalidades. É importante ressaltar que o maior conjunto arquitetônico de Art Nouveau aqui no Brasil se encontra em Goiânia-GO.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Hernando

      A Art Nouveau realmente atendeu a uma burguesia endinheirada. As obras resultantes deste estilo eram bem caras, sendo famosas até o dia de hoje. Talvez seja por isso que tenha durado tão pouco tempo, cedendo lugar a um novo estilo. Muito interessante a sua informação sobre o maior conjunto arquitetônico de Art Nouveau em nosso país.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Adevaldo R. de Souza

    Lu

    Seja bem-vinda com o novo estilo: Art Nouveau, com sua beleza supérflua, caracterizada por linhas elegantes, pela fantasia e exuberância, pelas estampas coloridas, formas ornamentais e a forte presença de figuras femininas. Penso que esse estilo elevou as artes gráficas e arquitetura a níveis parecidos com o estilo Rococó.

    Curiosidade: o templo “A Sagrada Família”, de Antonio Gaudí, é a maior obra de Art Nouveau do mundo, com seus 107 metros de altura e previsão para alcançar 170 metros em 2027, pois ainda não foi concluído.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Adevaldo

      Não demoraremos muito na Art Nouveau, pois foi bem passageira, deixando lugar para um novo estilo. Não sabia sobre a curiosidade apresentada por você. Muito interessante!Esse meu aluno é o máximo!

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.