Teste – A ARTE EGÍPCIA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

    farao           farao1

A antiga civilização egípcia durou três mil anos, tendo iniciado em cerca de 3100 a. C. e finalizado com a morte da rainha Cleópatra, após a ocupação romana. Tal civilização primava pela sofisticação, sendo governada pelos faraós, tidos como deuses vivos. O povo egípcio era politeísta e acreditava na vida após a morte. Em razão disso, quase todo o trabalho artístico e criativo estava ligado a tal crença. A religião dominava as ações políticas e também o funcionamento das classes sociais. Tratava-se de uma das civilizações mais adiantadas da época. Portanto, antes que a Ciência se fizesse presente, a religião sempre esteve atrelada à Arte, como se pode ver na civilização egípcia, cuja organização era feita de modo que a religião fosse responsável por determinar as ações políticas e a função das classes sociais, o que, consequentemente, exercia influências nas formas de arte daquele povo.

1- Desde o início da civilização egípcia seus artistas já se mostravam exímios escultores. Um dos traços marcantes da arte egípcia diz respeito ao fato de:

a) ter sofrido poucas modificações através dos tempos.
b) modelar suas esculturas só na pedra chamada basalto.
c) fazer esculturas apenas dos faraós e suas famílias.
d) não seguir nenhum tipo de convenções artísticas.

2- A escrita egípcia foi criada cerca de 3000 a.C., sendo muito usada em textos religiosos. Era conhecida como “hieróglifo” que significa escrita:

a) dos sábios.
b) religiosa.
c) sagrada.
d) dos deuses.

3- O hieróglifo somente foi decifrado depois de 1799, quando foi encontrada no Egito uma pedra denominada:

a) Pedra Negra de Caaba.
b) Pedra Rosetta.
c) Pedra Blarney.
d) Rocha de Ayer ou Uluru.

4- Os faraós eram mostrados nas esculturas como seres humanos sem imperfeições, tendo corpos esbeltos e belos, porque eram:

a) tidos como deuses do Monte Olimpo.
b) dirigentes do povo egípcio.
c) exigentes na confecção das obras de arte.
d) tidos como grandes profetas.

5- Tutancâmon (ver imagem acima) é chamado de “O Rei Menino”, pois começou a governar aos oito anos de idade, tendo morrido aos 18. Dentre as afirmações abaixo sobre ele, uma é falsa:

a) Seu túmulo foi encontrado quase intacto no Vale dos Reis.
b) Sua máscara mortuária era toda em prata maciça.
c) Os ladrões de túmulo não encontraram o túmulo do faraó.
d) Entre os objetos encontrados havia até carruagens e cestaria.

6- O corpo mumificado de Tutancâmon foi depositado em três caixões, colocados um dentro do outro, todos exibindo o formato do corpo do rei, segurando os símbolos reais. São afirmações verdadeiras sobre ele, exceto:

a) Seus símbolos reais eram a bengala, o mangual e o livro sagrado.
b) A máscara funerária foi colocada sobre sua múmia no caixão interno.
c) Os caixões, externo e do meio, eram de madeira banhada a ouro.
d) O caixão interno, onde estava a múmia, era feito de ouro maciço.

7- Na parte superior da máscara mortuária de Tutancâmon estão dois símbolos representando seu governo sobre todo o Egito (Baixo Egito e Alto Egito). Os animais ali representados são:

a) uma serpente e um falcão.
b) uma serpente e uma águia.
c) um escaravelho e um dragão.
d) um escaravelho e um gato.

8- Ao representarem os faraós com sua máscara mortuária, os artistas egípcios usavam um método especial.

Marque a resposta correta:

a) Quanto mais velhos eram, mais trabalhada era a máscara.
b) As máscaras podiam ser em ouro, prata ou cerâmica.
c) Pedras semipreciosas não podiam ser usadas nas máscaras.
d) A face de todas as máscaras trazia a mesma expressão.

9- Todas as normas abaixo eram obedecidas pelos artistas egípcios, exceto:

a) As estátuas sentadas deviam ter as mãos nos joelhos.
b) A aparência de cada deus egípcio era rigorosamente estabelecida.
c) A arte da bela escrita também fazia parte do aprendizado do artista.
d) Anubis, o deus dos ritos dos funerais, era representado como um falcão.

10- É tido como um dos mais famosos papiros já encontrados, tanto pelo seu tamanho, quanto pelas representações gráficas das diferentes fases do julgamento que acontece no mundo dos mortos e por ser um dos mais completos. Encontra-se no Museu Britânico e conhecido como:

a) O Livro dos Mortos do Escriba Ani.
b) O Livro dos Mortos do Faraó Miquerinos.
c) Os Escritos Mortuários de Nefertiti.
d) Os Escritos Mortuários de Tutancâmon.

Obs.: Reforce seus conhecimentos com artigos referentes a este estilo:
A ARTE EGÍPCIA
A ARTE ANTIGA DOS EGÍPCIOS
O LIVRO DOS MORTOS
O LIVRO DOS MORTOS DO ESCRIBA ANI

Gabarito
1a / 2c / 3b / 4d / 5b / 6a / 7a / 8c / 9d / 10a

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *