A IMPORTÂNCIA DA MEDITAÇÃO
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria do Dr. Telmo Diniz zen

A meditação não é uma religião, filosofia ou estilo de vida. É um método de autodesenvolvimento capaz de tranquilizar a mente, melhorar a tomada de decisões, a criatividade e afastar o estresse, a depressão e até doenças cardiovasculares. Por isso,o objetivo deste método é fazer a mente transcender, ou seja, atingir um repouso capaz de diminuir a quantidade de pensamentos.

A meditação tem diversos benefícios. Gostaria de compartilhar alguns deles. A redução do estresse, por exemplo, é visível. Está provado que meditar é mais repousante do que dormir. Pessoas que praticam o ato frequentemente têm menores níveis de adrenalina e cortisol (hormônios do estresse).

Com menos estresse no corpo e na mente, meditadores têm um aumento do desempenho cardiovascular, com a redução, em curto prazo, da pressão arterial e da frequência cardíaca. Em longo prazo, eles apresentam menos eventos de isquemias (ataque no coração e derrame cerebral). Insônia crônica, ansiedade e depressão também melhoram, assim como o sistema imunológico, já que a prática aumenta o número de anticorpos no organismo.

Pesquisa
O alívio de dores é outro benefício constatado por estudos científicos, como uma pesquisa realizada na Universidade de Montreal com um grupo de pessoas. Uma placa, inicialmente aquecida a 46 °C, sendo aumentada gradativamente, era encostada na nuca de cada um dos participantes. O grupo que não fazia meditação não suportou os 50 °C. Já o outro grupo, dos meditadores, aguentou 52 °C sem maiores queixas. Conclusão: quem medita precisa de menos analgésicos, é mais concentrado e suporta melhor a dor.

Mas o que fazer ou como fazer uma meditação transcendental, ou ainda praticar a atenção plena sem ter de ir para um mosteiro?

Primeiramente, devemos procurar um local calmo, com ambiente favorável. Certamente, não vamos conseguir meditar no trabalho ou na sala de casa com as crianças. Devemos ter uma constância diária de 10 a 15 minutos para a prática. O senso de responsabilidade deve estar presente, pois estamos “doando” este tempo para treinar a mente.

Quando for praticar a meditação, o correto é a pessoa estar na posição de Lotus (corpo ereto com as pernas cruzadas). A respiração é ponto crucial para esvaziar a mente, pois a inspiração profunda vai aos poucos ajudando no relaxamento. A cada pensamento que aparecer na mente a pessoa deve focar na respiração e voltar a seu objetivo. A repetição das técnicas de meditação é simples e factível, basta querer.

Nota: imagem copiada de www.curaplanetaria.org

4 comentários sobre “A IMPORTÂNCIA DA MEDITAÇÃO

  1. LuDiasBH Autor do post

    Mário

    Segui o endereço fornecido por você.
    Achei muito interessante.
    Mas é preciso ter muita energia.

    Abraços,

    Lu

    Responder
  2. Mário Mendonça

    Lu Dias

    Eu treinei Kung Fu por 6 anos e utilizo outro método (posição de cavalo – a energia se concentra nas pernas e evita a desconcentração na respiração/inspiração)

    Muitas pessoas têm problemas com a posição de lótus, será que não haveria outra?

    Abração

    Mário Mendonça

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      Então o mocinho é duro na queda?
      Só encoste na Sô com flores… risos.

      Como é a posição de cavalo, amigo?
      Quero aprender… risos.

      Vou me indagar sobre a posição da flor de lótus.
      Deve existir outra.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *