Poussin – MIDAS E BACO

Autoria de LuDiasBH

midbac

A composição denominada Midas e Baco é uma obra do pintor francês Nicolas Poussin, tido como o fundador do neoclassicismo francês. Ele gostava de inspirar-se na arte da Antiguidade e na do Renascimento italiano.

Presentes na pintura estão Midas, Baco e seu séquito, incluindo animais. A maioria dos personagens dorme, embriagada pelo vinho, conforme atestam as jarras de vinho já vazias. Não é possível detectar se se trata do momento em que Midas pede a Baco o dom de transformar em ouro tudo o que toca, ou se é aquele em que pede para livrá-lo do maldito dom, que estava a dar fim à sua vida.

Conta o mito que Baco era filho adotivo de Sileno, encontrado totalmente embriagado, andando ao léu, por camponeses, que o levaram ao palácio do rei Midas. Esse o recebeu e dele tratou com cordialidade. Depois o levou até seu filho Baco que, agradecido, presenteou Midas com aquilo que lhe aprouvesse. Esse não tardou a expressar seu desejo: transformar em ouro tudo que tocasse. Mas, ao ter muitos aborrecimentos com tal dom, impossibilitado até de alimentar-se, uma vez que todos os alimentos transformavam-se em ouro, o rei foi pedir a reversão do pedido, sendo prontamente atendido pelo deus Baco.

Ficha técnica
Ano: c. 1630
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 98 x 153 cm
Localização: Alte Pinakotheke, Munique, Alemanha

Fontes de pesquisa
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann
Mitologia/ Thomas Bulfinch
Mitologia/ LM

2 comentários sobre “Poussin – MIDAS E BACO

  1. Mário Mendonça

    Prezada Lu Dias

    Bom dia

    Então quer dizer que Midas perdeu o poder do ouro para o vinho de Baco? Essa eu não sabia. Minha Amiga somalier Leonor vai gostar de saber.

    Abração

    Mário Mendonça

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      O rei Midas, por ter tratado muito bem o pai adotivo de Baco, poderia pedir o presente que quisesse ao deus do vinho. Esperto, pediu o dom de transformar em ouro tudo o que tocasse. Porém, mesmos os alimentos eram transformados em ouro. Vendo que iria morrer de inanição, ele pediu que seu desejo fosse revogado.

      Convide sua amiga Leonor para conhecer o nosso blog.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *