CARL SAGAN – VISÕES VERDADEIRAS X VISÕES FALSAS (X)

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de Lu Dias Carvalho

A mente crédula experimenta um grande prazer em acreditar em coisas estranhas, e quanto mais estranhas forem, mais facilmente serão aceitas, mas nunca leva em consideração as coisas simples e plausíveis, pois todo mundo pode acreditar nelas. (Samuel Butler)

Apesar de a humanidade já ter adentrado no século XXI, pessoas há em que a imaginação foge aos parâmetros da normalidade, sendo capazes de expulsar qualquer laivo de razão, para acreditar em qualquer lorota. Indivíduos, assim, vivem à margem da realidade, num universo paralelo. Qualquer mentira é capaz de sugestioná-los, levá-los a acreditar naquilo piamente. Não é à toa que as “fakes news”, como ervas-daninhas, expandem-se cada vez mais nos nossos tempos.

A fim de diferir visões verdadeiras de visões falsas é preciso iniciar o raciocínio, sempre partindo do pensamento cético, livre de quaisquer credulidades. Somente assim será possível chegar a um argumento racional, livrando-se de uma argumentação falaciosa ou fraudulenta, baseada no que se lê ou ouve. É preciso muito cuidado na conduta, pois nós temos a propensão de acreditar muito facilmente nas coisas absurdas,  sem fazer qualquer questionamento, o que pode nos levar a um caminho totalmente enganoso, passando por vaquinhas de presépio. É preciso muita atenção, principalmente no campo político e religioso, onde a mentira, o engodo, a trama e a falácia imperam. Antes de aceitar qualquer expressão como verdadeira, devemos colocar o nosso raciocínio para funcionar e fazer pesquisas através da mídia séria.

Transcrevo abaixo o pensamento de alguns grandes nomes da história sobre o tema:

“O homem acredita mais facilmente no que gostaria que fosse verdade. Assim, ele rejeita coisas difíceis pela impaciência de pesquisar; coisas sensatas, porque diminuem a esperança; as coisas mais profundas da natureza, por superstição; a luz da experiência, por arrogância e orgulho; coisas que são comumente aceitas, por deferência à opinião do vulgo. Em suma, inúmeras são as maneiras, e às vezes imperceptíveis, pelas quais os afetos colorem e contaminam o entendimento.” (Francis Bacon)

“É melhor a verdade dura do que a fantasia consoladora, pois no cômputo final, revela-se frequentemente que os fatos são mais consoladores que a fantasia. […] A cultura comercial está cheia de informações errôneas e subterfúgios à custa do consumidor”. (Carl Edward Sagan)

“A descrença não consiste em acreditar, nem em desacreditar; consiste em professar que se crê naquilo que não se crê. É impossível calcular o dano moral, se é que podemos chamá-lo assim, que a mentira mental tem causado à sociedade. Quando o homem corrompeu e prostituiu de tal modo a castidade de sua mente, a ponto de empenhar a sua crença profissional em coisas em que não acredita, ele está preparado para a execução de qualquer outro crime. […] O fato de nos acostumarmos com mentiras cria o fundamento para muitos outros males.” (Thomas Paine)

Ilustração: O Charlatão, c. 1502, obra de Bosch

Fonte de pesquisa
O mundo assombrado pelos demônios/ Companhia de Bolso

Indicação: Site “Além da Fé” no You Tube.

Visits: 1

4 comentaram em “CARL SAGAN – VISÕES VERDADEIRAS X VISÕES FALSAS (X)

  1. Rosa

    Lu

    Quanto tempo, né? A correria da vida nos consome, quase não consigo mais acompanhar esta página. Também não consegui ler ainda o seu livro de Fábulas, mas vou fazê-lo em breve. Depois comentarei aqui, nesta página.

    Responder
    1. Lu Dias Carvalho Autor do post

      Rosa

      Ando com saudades de você. Gosto sempre de ter comentários seus. Muito obrigada pelo carinho de comprar o meu livro. Quero saber, após o ler, se gostou ou não. Não suma!

      Beijos

      Lu

      Responder
    1. Lu Dias Carvalho Autor do post

      Mário

      É sempre bom receber a sua visita. Já estava com saudades. Eu amo o Carl Sagan, comungo com ele a maioria das ideias, inclusive no credo religioso ou falta dele.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *