MACIEIRA EM FLOR (Aula nº 101 B)

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de Lu Dias Carvalho

A composição Macieira em Flor é uma obra do artista holandês Piet Mondrian. Com esta pintura ele dá um grande passo em relação ao abstracionismo de seu trabalho, afastando-se cada vez mais do objeto realista, adentrando no estilo cubista.

Mondrian, ao contrário das obras “A Árvore Vermelha” e “A Árvore Prateada”, nesta obra, através de indicações tênues das formas vegetais da árvore, assim como de uma vaga recordação da cor dos pomos e das folhas (verde, ocre, cinza e levíssimos tons rosáceos) é que indica o objeto em evidência. O artista reduziu a paleta de cores em benefício das linhas.

O pintor elimina a função descritiva da linguagem pictórica. Mas apesar de toda a abstração que Mondrian consegue em seu trabalho, restando apenas aquilo que ele considera essencial, sua composição denota grande suavidade e lirismo relativos a uma macieira em floração. Isso porque o pintor trabalhava a partir de uma impressão da natureza, apenas adaptando-a à sua busca para a “abstração pura”.

Apesar da tendência da pintura do artista para a abstração, sua obra possui grande delicadeza lírica, ao associar-se a uma árvore de maçã em florescência. Por essa razão, não devemos nos esquecer de que Mondrian, nesse período, embora fortemente inclinado à abstração, continuou a trabalhar a partir de uma impressão da natureza, traduzindo-a em sua rigorosa, mas ainda figurativa linguagem.

Ficha técnica
Ano: 1912
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 78 x 106 cm
Localização: Gemeentemuseum, Haia, Holanda

Fontes de pesquisa
Gênios da pintura/ Abril Cultural
http://www.piet-mondrian.org/the-flowering-apple-tree.jsp

4 comentaram em “MACIEIRA EM FLOR (Aula nº 101 B)

  1. Adevaldo R. de Souza

    Lu

    Como são interessantes e criativas as obras de Piet Mondrian que faz uma união entre a Matemática e a Arte. Na composição “Macieira em Flor” ele interpreta os fatos essenciais da natureza mostrando uma influência do cubismo analítico nessa obra abstrata em que uma árvore é apresentada como um objeto dissecado, quebrado em fragmentos e convertido em uma estrutura complexa que se perde no meio, quando suas formas são despidas e desaparecidas nas extremidades da pintura.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Adevaldo

      Piet Mondrian foi um artista exímio. Suas obras são maravilhosas. A composição em estudo chama a atenção pela beleza das cores.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Hernando Martins

    Lu

    Mondrian, artista francês, foi de suma importância para a arte, ao colaborar com o desenvolvimento do Modernismo e também introduzir o minimalismo na Arte Abstrata,transformando menos em mais, com muita beleza e harmonia, confirmado nessa composição, Macieira em Flor. Mondrian era também arquiteto e isso pode ter influenciado seu lado de designer em suas obras. Em 1965 o estilista Yves Saint Lorran inspirou-se nas obras desse artista brilhante para compor sua coleção para um desfile de moda, sendo um sucesso!

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Hernando

      Você está bem antenado ao trazer como comentário a participação de Mondrian na moda de 1965. Até hoje ele tem inspirado coleções de moda. Foi brilhante em todos os sentidos.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.