O PARAÍSO TERRESTRE (Aula nº 52 C)
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH 

                                                    (Clique na imagem para ampliá-la.)

Os Países Baixos foram um celeiro de notáveis mestres no século XV, podendo ser citados: Jan van Eyck, Rogier van der Wyden e Hugo van der Goes — famosos em toda a Europa. Contudo, nas primeiras décadas do século XVI, a produção dessa parte europeia foi bem inferior. O mais conhecido artista holandês desse período foi Hieronymus Bosch que não se inseria entre os adeptos do Renascimento. Tornou-se extremamente famoso por usar suas obras como uma advertência contra as forças do mal. Segundo E. H. Gombrich, “Pela primeira vez e talvez única vez, um artista conseguiu dar forma concreta e tangível aos medos que obcecavam o espírito dos homens da Idade Média. Talvez só fosse possível nesse momento, quando as antigas ideias ainda possuíam vigor, pois o espírito moderno já estava em campo, propiciando ao artista métodos para representar o que via”. Estudamos hoje uma das mais amedrontadoras obras do pintor renascentista holandês. Primeiramente é necessário acessar o link Bosch – O JARDIM DAS DELÍCIAS TERRENAS e ler o texto com muita atenção, sempre voltando a esse quando se fizer necessário.

Obs.: Os participantes devem ler integralmente o texto indicado pelo link, para aguçar a sua capacidade de interpretação de obras.

  1.  O Tríptico do Jardim das Delícias de Bosch mostra homens e mulheres na parte central da obra:

    Marque a alternativa incorreta.

    1. Unidos em pares ou em grupos.
    2. Alguns em posturas inocentes.
    3. Outros em posturas luxuriosas.
    4. Todos eles da mesma raça.

  2. Todas as afirmativas sobre “O Jardim das Delícias Terrenas” estão corretas, exceto:

    1. Todos celebram os prazeres da carne sem acanhamento ou sentimento de culpa.
    2. Trata-se verdadeiramente de um paraíso, embora ali reine apenas o pecado.
    3. Há também relações eróticas ou sexuais entre animais e entre plantas.
    4. Há diversas formas de relações eróticas heterossexuais, homossexuais e onanistas.

  3. Este painel traz uma profusão de imagens com inúmeros símbolos, a maioria deles desconhecidos. Todos estão decifrados, exceto:

    1. Corvos — símbolo da incredulidade
    2. Pavões — símbolo da vaidade
    3. Flores coloridas — símbolo do prazer
    4. Íbis — símbolo  das alegrias passadas

  4. Bosch certamente tinha a mesma visão dos moralistas medievais em relação às mulheres e as viam como:

    1. Fonte do pecado e da luxúria.
    2. Poço das delícias terrenas.
    3. Seres inocentes sob o jugo do mal.
    4. Seres inocentes e sem alma.

  5. A cavalgada da libido, na parte superior da composição, contorna a ………………., onde se encontra um bando de mulheres provocantes.

    1. Fonte dos Desejos
    2. Fonte dos Prazeres
    3. Fonte da Purificação
    4. Fonte da Juventude

  6. Na ……………….., os animais eram identificados com os apetites mais baixos ou carnais da natureza humana, e o ato de cavalgar era usado como metáfora sexual.

    1. Idade Antiga
    2. Idade Média
    3. Idade Moderna
    4. N.R. (n.d.r.)

  7. A presença de suculentas frutas são uma alusão …………………… e também à fugacidade do prazer, pois passam do frescor para a degeneração.

    1. às alegrias da vida
    2. ao amor desmedido
    3. aos prazeres sexuais
    4. à infidelidade conjugal

  8. O morango, às vezes usado como uma menção às gotas do sangue de Cristo, aqui é uma ………………, sugerindo atividade carnal.

    1. metáfora sexual
    2. simbologia da procriação
    3. metáfora do bem viver
    4. simbologia do nascimento

  9. Estranhas estruturas encarceram o corpo humano em algumas cenas, elas são vistas como ……………. que aprisiona a alma humana.

    1. o prazer
    2. a redenção
    3. o pecado
    4. a luxúria

  10. Todas as afirmativas acerca da composição estão corretas, exceto:

    1. Um globo cinza azulado, onde são realizadas acrobacias sexuais, boia dentro de um rio com figuras bizarras.
    2. Outras criaturas extravagantes encontram-se dentro de estranhas estruturas que parecem serem feitas de papel de jornal.
    3. Muitas pessoas e animais são mostrados em posições invertidas.
    4. O grande grupo convive com várias espécies de animais, pacificamente, e algumas pessoas comem grandes frutos.

  11. Dentro do lago está um homem com cabeça e tronco submersos, enquanto as pernas, visíveis, estão abertas em forma de Y, com um ovo vermelho do qual sai ………….. Esta inversão mostra que tudo ali é falso e pecaminoso.

    1. um galho
    2. uma fruta
    3. uma estrela
    4. um pássaro

  12. Toda a composição expõe o prazer dos sentidos, ou seja, a luxúria que pode ser vista em inúmeras cenas, exceto:

    1. O casal dentro de uma bolha com o homem com a mão na barriga da mulher.
    2. O homem que mergulha na água, escondendo o sexo com as mãos.
    3. o casal rolando uma concha marrom na areia.
    4. o rapaz que coloca flores no ânus de seu companheiro.

Melhore sua percepção: encontre na pintura um homem abraçado a uma coruja.

Gabarito
1.d / 2.b / 3.c / 4.a / 5.d / 6.b / 7.c / 8.a / 9.c / 10.b / 11.d / 12.c

Nota: Conheça mais sobre a vida do artista, acessando o link:
Mestres da Pintura – HIERONYMUS BOSCH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *