O QUE FIZ DE BOM HOJE PARA OUTREM?

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria do Dr. Telmo Diniz

        

Vivemos a época da rapidez e da pressa. Estamos sempre atrasados e sempre existe algo a ser feito. No meio de tanta correria fica difícil parar por alguns momentos para observar o outro em suas necessidades. Será que o senhor sentado ao meu lado está precisando de algo? Como anda a vida daquela menina que acabou de passar por mim? Como eu poderia deixar o dia de alguém melhor? Esse tipo de pergunta raramente passa em nossa mente. Falta espaço nos dias de hoje para um bem maior – a gentileza.

A gentileza é uma forma de atenção e de cuidado que torna os relacionamentos mais humanos e menos ríspidos. Quem a pratica tem boa vontade, é uma pessoa cuidadosa e delicada com com as pessoas que encontra. Fazer as coisas pelos outros é uma poderosa ferramenta para reforçar nossa saúde e felicidade, como veremos no transcorrer deste texto.

Estudos científicos mostram que ajudar os outros tem diversos benefícios, a citar:

  • impulsiona a felicidade;
  • aumenta os níveis de satisfação pessoal;
  • aumenta nossa sensação de competência;
  • melhora o humor e reduz o estresse;
  •  ajuda também a mudar o foco de nossos problemas cotidianos.

Em outras palavras ajudar o outro significa, em última instância, ajudar a si próprio. Já pensou nisso?

Estudos sugerem que há forte relação entre a felicidade e ajudar o próximo em cada uma das idades. Por exemplo, crianças na pré-escola e, que são mais empáticas, têm um “estado de espírito” mais feliz; estudantes do ensino médio que se envolveram com o voluntariado de alguma forma são mais produtivos. De igual forma, trabalhadores adultos que estavam mais felizes no local de trabalho foram mais propensos a ajudar os outros. Voluntariar-se também apresentou muitos benefícios para pessoas idosas, incluindo mais felicidade e satisfação em viver. Uma organização nascida em São Paulo e fundada por Renata Quintella (www.institutoanossajornada.org/por-renata-quintella/) tem foco no conceito: “O que posso fazer por você agora?”. Tem uma fórmula simples, sair às ruas para ajudar pessoas desconhecidas. Vale a pena entrar no site e conferir.

Atualmente já existem evidências de que tudo isso leva a um círculo virtuoso – felicidade nos faz doar mais, doar mais nos faz mais feliz, e assim por diante. Cientistas estão explorando a evolução do altruísmo, da cooperação, da compaixão e da gentileza. Se as pessoas se comportam de modo altruísta, muito provavelmente serão mais queridas e assim geram e fortalecem os contatos sociais. É certo que o trabalho voluntário e outras atividades sociais de ajuda ao próximo são um indicador de quão satisfeitas estão as pessoas. O egoísmo não leva ninguém a lugar nenhum. Temos que ajudar o outro para termos ajuda. Tudo nessa vida é recíproco, tudo que fazemos, seja de bom ou ruim, sempre volta, e volta em dobro. Encontre dentro de você a motivação para ajudar pessoas, mostrando que existem soluções para os problemas do dia a dia. Ajudar o outro é se encontrar. Então, o que você pode fazer por alguém hoje?

Nota: imagem copiada de Meus sonhos de vida!!!

4 comentários em “O QUE FIZ DE BOM HOJE PARA OUTREM?

  1. Hernando Martins

    Lu

    É fundamental exercermos o espírito de solidariedade com as pessoas para proporcionar bem-estar a todos. Infelizmente, isso tem se tornado uma exceção, quando na verdade deveria ser uma regra. A vida só tem sentido quando compartilhada com os entes próximos e estendida aos mais necessitados e excluídos, mesmo não fazendo parte do núcleo familiar. Pois, na verdade todos fazemos parte de uma grande família neste planeta Terra. Ninguém vive só, precisamos de interação, porque a felicidade precisa ser dividida para ter sentido. Não podemos ser felizes sozinhos, apesar de ser fundamental termos a nossa privacidade, mas não o egoísmo centrado no individualismo. Devemos fazer o bem sem olhar a quem, porque nessa vida tudo que fazemos de bem ou mal retorna para nós menos, então, é salutar semearmos algo de bom para que possamos colher frutos saudáveis, pois só podemos colher aquilo que plantamos.

    Hernando

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Hernando

      Os textos do Dr. Telmo trazem sempre uma mensagem verdadeira, ensinando-nos que o compartilhamento evita a solidão e mina o egoísmo tão comum à nossa espécie. Você o complementa com palavras sábias, mostrando-nos porque a interação é importante.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Mario Mendonça

    Prezada Lu Dias

    Isso é pra evoluídos, visto que somos racionais! E na atual conjuntura, impossível!

    Abração

    Mário Mendonça

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *