Pisanello – A VIRGEM E SANTOS

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O pintor italiano Antônio de Pucci Pisano (1395 – 1455), apelidado por seus contemporâneos de Pisanello (ou seja, pequeno Pisano), nasceu em Pisa e morreu provavelmente em Roma. Seus pais foram Puccio di Giovanni da Cerrato e Isabella di Niccoló. Estudou com Stefano da Verona – responsável por introduzi-lo no mundo da arte – e depois em Veneza com Gentile Fabriano, tendo trabalhado como seu assistente na pintura do palácio de Dodge, nos afrescos da sala do Grão Conselho. Anos depois colaborou com seu último mestre na decoração da Basílica de São João de Latrão. Após a morte desse, Pisanello tomou para si a responsabilidade pela obra.

A composição denominada A Virgem e Santos, também conhecida como Nossa Senhora com Santo Antônio Abade e São Jorge, é uma obra do artista. Trata-se de uma pequena pintura feita em madeira, retratando o mundo medieval. O céu que ocupa metade da tela vai desbotando à medida que se aproxima da terra, de modo que ao se aproximar do topo das árvores já se encontra quase todo branco.

A Virgem Maria com seu Menino Jesus nos braços paira no céu, diante de um grande sol dourado que emite raios em forma de arabescos à sua volta. Ela se encontra harmoniosamente envolta por um manto azul, enquanto Jesus é envolvido por um pano dourado da mesma cor do sol. Mãe e filho fitam-se mutuamente. É tida como uma das mais belas cenas de maternidade vistas em pintura. Em terra encontram-se Santo Antônio Abade à esquerda e São Jorge à direta. Os dois trocam olhares. As figuras formam uma composição triangular, compondo a Virgem o vértice do triângulo.

As vestes de Santo Antônio Abade são humildes. Sobre o manto vermelho com capuz ele usa uma pesada capa marrom. Traz na mão direita um galho e na esquerda um sino. A seus pés está o leão que faz parte de sua simbologia. São Jorge encontra-se com suas ricas e elegantes vestes de cavaleiro cortesão. Traz nas mãos uma espada. A cabeça de um cavalo ricamente arreado e o focinho de outro aparecem à sua direita. Aos pés está o dragão, também parte de sua simbologia.

Ficha técnica
Ano: c.1438/1448
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 45 x 29 cm
Localização: Galeria Nacional, Londres, Grã-Bretanha

Fontes de pesquisa
Pisanello/ Abril Cultural
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *