Rubens – OS QUATRO CONTINENTES

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

OQUACON

A composição denominada Os Quatro Continentes, também chamada de Os Quatro Rios do Paraíso e ainda As Quatro Regiões do Globo, é uma obra alegórica do pintor barroco Peter Paul Rubens, o mais importante de todos os pintores flamengos do século XVII. Além de ter conhecido vários países, tendo sido diplomata, o artista era também muito culto. Por isso, acredita-se que ele tenha pintado os quatro continentes, personificados em figuras femininas, cada uma acompanhada de um deus tutelar: Europa, África, Ásia e as Américas, tema que era muito comum entre os artistas barrocos.

Esta pintura pertence ao período mais “clássico” do artista. Suas figuras apresentam destacados relevos que remetem às esculturas antigas, enquanto o desenho lembra a arte monumental de Michelangelo. A coloração viva e cheia está de acordo com a tradição veneziana. O artista conseguiu grande harmonia na composição, apesar dos variados elementos que nela se encontram. Presume-se que o crocodilo e a tigresa basearam-se em estudos vivos.

Por se tratar de uma alegoria, este quadro tem tido várias interpretações. Uma delas é a de que quatro deuses estão debaixo de uma tenda, ao lado de quatro mulheres (tidas em algumas interpretações como ninfas) abraçando ou sendo abraçados por elas. Cada um deles representa um continente. A tigresa com seus filhotinhos mamando representa o rio Tigre, enquanto um gigantesco jacaré simboliza o rio Nilo.

Uma segunda interpretação diz que as mulheres personificam os quatro continentes (Europa, Ásia, África e Américas), enquanto os homens representam os rios: o Nilo na África, o Danúbio na Europa, o Ganges na Ásia e o rio Prata na América. Excetuando a mulher negra, as demais foram pintadas com as mesmas feições das europeias. A tigresa ameaçando o jacaré para proteger os filhotes, simbolizaria a Ásia e o homem com um leme simbolizaria o rio Danúbio.

De acordo com uma das interpretações (Enciclopédia dos Museus) as figuras estariam assim distribuídas:

  • em cima, à esquerda, estão a Europa e o rio Danúbio;
  • embaixo, a África e o rio Nilo;
  • à direita, na frente, estão a Ásia e o rio Ganges;
  • atrás, a América e o rio Amazonas.

Nota: são cinco os continentes, mas o quinto, Oceania, não foi representado, pois ainda não se tinha conhecimento pleno dele à época. A obra foi cortada em todos os lados.

Ficha técnica
Ano: 1615
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 209 x 284 cm
Localização: Kunsthistorisches Museum, Viena, Áustria

Fontes de pesquisa
Enciclopédia dos Museus/ Mirador
os-quatro-continentes-de-peter-paul…https://books.google.com.br/books?id Os+quatro+continentes,+Peter+Paul+
https://books.google.com.br/books?isbn=8506072379

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *