A IMPORTÂNCIA DA DIETA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria do Dr. Telmo Diniz

 escravo123

Vamos todos fazer dieta

Sempre que pensamos em dieta logo vem à cabeça uma alimentação restritiva, de baixa caloria e que tem como finalidade a perda de peso. Porém, a palavra dieta tem um conceito muito mais amplo. Vem do grego “diaita” que significa modo de vida, ou seja, é um estilo de vida que inclui não somente hábitos alimentares saudáveis, mas também como levamos a nossa vida como um todo. Portanto, se quer emagrecer, esqueça a dieta como restrição alimentar. Isto já está ultrapassado. A contagem de calorias não pode ter mais espaço entre nós.

A nossa alimentação, ou da maioria das pessoas, tem como base alimentos com alto índice glicêmico, processados, industrializados e que pouco colaboram para uma perda de peso sustentável. Há anos, a indústria farmacêutica vem tentando achar uma medicação que possa, por si só, reduzir o peso das pessoas. Porém, se não houver uma dieta, aqui no sentido literário, não haverá êxito a médio e longo prazo. Nosso organismo é uma complexa máquina, onde diversos hormônios interagem entre si. Portanto, particularmente acho difícil uma única droga atuar neste complexo campo endocrinológico.

Alimentos variados

A dieta como estilo de vida deve incorporar hábitos alimentares mais variados. Pão pela manhã, arroz com feijão e bife no almoço e uma “gororoba” qualquer no jantar, associados a guloseimas doces durante o dia, não possui nada de saudável. Pesquisa recente realizada pelo IBGE mostra que mais de 80% da população não se alimenta de forma adequada. Não come frutas, verduras e leguminosas no dia a dia.

Uma alimentação que não tenha tudo que nosso organismo necessita, incluindo vitaminas e minerais essenciais, certamente desenvolverá queixas que são bastante comuns em consultório:

  • cabelos que caem ou quebradiços,
  • unhas fracas,
  • intestino que funciona mal,
  • falta de ânimo para enfrentar o dia,
  • alergias inespecíficas,
  • acne do adulto,
  • digestão ruim que inclui azia, boca amarga e sessão de empanzinamento,

são alguns dos exemplos de um organismo sem equilíbrio.

Quando se fala em dieta, temos de pensar em uma alimentação adequada em um contexto mais amplo. Se dieta é um modo e um estilo de vida, devemos pensar em exercício físico, qualquer que seja ele. Temos também de pensar em como está a vida financeira, a vida profissional e o relacionamento familiar. Engloba corpo, mente e também espírito. Esse último esquecido por muitos. Independentemente de sua religião, já sabemos que quem tem fé tem um sistema imunológico mais forte e se restabelece mais facilmente de doenças.

Vida leve

Isto posto, tomando uma postura diferente com uma alimentação variada, que inclua o arroz, o feijão e a carne, porém não esquecendo do “prato colorido” com verduras, leguminosas e frutas no decorrer do dia, associado a exercícios físicos, acompanhamento médico periódico; levando a vida “mais leve”, sabendo como lidar com os fatores de estresse, procurando um tempo para relaxar e meditar, bem como procurando aliviar o espírito com a força da fé. Aí, sim, estaremos fazendo a verdadeira dieta para a vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *