A MENINA, VAN GOGH E A ARTE
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de Geraldo Magela Cordeiro

Giovanna pintando -whatsap 022

O vizinho encontra a menina no elevador:

– Está de férias, tem pintado (brincado) muito?
-Não!
-Mas, por que não tem pintado?
-Não tenho tinta!

 A menina entrou no humilde quartinho do pintor. Viu a cama simples, a cadeira e a mesinha com uma jarra de flores. Ao fundo, a janela aberta deixava entrar um ar fresco e doce. Ela até quis se sentar na cadeira dele. O pintor não estava lá, mas era possível perceber sua poderosa presença nos detalhes e cores da pintura.

Tudo não passava de um devaneio da menina, que se imaginou entrando no quartinho humilde de Van Gogh, onde o artista produziu obras que ainda encantam o mundo. Ela vira o quadro na Escolinha e pode apreciá-lo com a professora de Arte, encantando-se, apesar de sua pouca idade.

Mostrei à menina, depois, uma cena do extraordinário filme “Sonhos”, do grande cineasta japonês Akira Kurosawa.  Nele existe um trecho mostrando um encontro entre o grande pintor holandês com um artista, quando Van Gogh mostra a enorme necessidade de pintar as luzes, a natureza e toda aquela beleza que sua grande alma enxergava em tudo que olhava. E a menina ficou extasiada, cheia de encantamento diante de tudo. Seus olhinhos curiosos pareciam absorver todas as cores.

A menina Giovanna tem pouco mais de 3 anos, mas já aprendeu a gostar de Arte nas aulas da Escolinha, o que nos leva à conclusão de que as crianças devem ser apresentadas à Arte desde cedo, para  começar a apreciar o belo, as maravilhas criadas por Deus e recriadas pelo Homem, pois a pintura, o desenho, a música, o ballet, a poesia, e todas as formas de Arte são estímulos de amor à natureza, às plantas, aos seres vivos e inanimados.

A Arte é o Amor em estado puro.

5 comentários sobre “A MENINA, VAN GOGH E A ARTE

  1. Moacyr Praxedes

    Geraldo, essa pintora é mesmo lindinha, mas está faltando a sua paleta de cores. Avise-me quando houver a sua exposição.

    Abraços

    Moacyr

    Responder
    1. GERALDO MAGELA CORDEIRO

      Quando houver uma exposição eu aviso, ok?
      Acho legal as crianças terem acesso à ARTE em geral, desde pequeninos…
      “É de pequenino que se torce o pepino.”
      As crianças têm o direito de conhecer todas as formas de expressão artística, mesmo não se tornando artistas, podem curtir a Arte quando quiserem.

      Abraços,

      GERALDO MAGELA

      Responder
  2. LuDiasBH Autor do post

    Magela

    Que meninha mais fofa, com seus cachinhos caindo sobre o rosto.
    A firmeza de sua mãozinha no pincel chama a atenção.
    E aqueles três quadrinhos lindos, já prontos, encostados na parede!
    Eu quero um… mas se o preço for acessível às minhas pequenas posses.

    Parece que o dia estava bem quente, pois a pequena pintora está bem à vontade.
    Que delícia de vida!
    E, por favor, não deixe faltar tinta para tão genial pintora.

    Totalmente encantada,

    Lu

    Responder
    1. GERALDO MAGELA CORDEIRO

      CARA LU,
      Obrigado pelo trabalho carinhoso.
      Desejo tudo de bom para você, o que a gente faz para os outros, sempre recebe em dobro!
      Abraços do
      GERALDO MAGELA

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *