COMPROMISSO REQUER RESPONSABILIDADE

 Autoria do Dr. Telmo Diniz 

anechocom

A falta de comprometimento é uma epidemia que aumenta a cada dia e tem afetado muitas pessoas e empresas. A palavra comprometimento tem origem no termo em latim “compromissos” que indica o ato de fazer uma promessa recíproca. Por esse motivo, comprometimento é sinônimo de compromisso e requer responsabilidade. Partindo dessa premissa, o profissional, quando aceita um trabalho, obriga-se em acordo verbal e escrito a cumprir determinadas atividades. No entanto, com o decorrer dos dias e meses, várias pessoas acabam descuidando desse acordo. Isso gera estresse para uma das partes.

No Brasil atual, vivemos um índice recorde de desemprego, com as pessoas batendo às portas das empresas, carregando o currículo debaixo dos braços e pedindo oportunidade de trabalho. Dia desses, recebi uma pessoa procurando uma recolocação no mercado de saúde. Após 30 minutos de entrevista, solicitei que iniciasse no dia 21 de abril (feriado de Tiradentes). Recebi um enorme “não”, e ela completou dizendo que era feriado e já tinha compromisso. E logo emendou: “Posso iniciar na semana que vem, após o feriado?”. Respondi que ficasse em casa esperando… Não havia ainda um compromisso formal, entretanto, entendo que, se eu preciso de um emprego, claramente necessito fazer concessões; aqui, no caso, trabalhar ou não no feriado.

Outra falta de compromisso muito comum é marcar um horário e não comparecer e nem ao menos ligar para remarcá-lo. Exemplo, também corriqueiro, é aquela pessoa que frequentemente envia ao setor de recursos humanos atestados médicos com afastamento do trabalho. Quando se está verdadeiramente doente, ok! Caso contrário, a mesma deveria pensar nos colegas de trabalho que “está deixando na mão”. Outras condições de falta de compromisso são sempre adiar o mesmo compromisso, para que ele demore a acontecer; assumir tarefas sem ter condições de realizá-las; chegar atrasado a encontros pessoais ou profissionais, etc.

Quando assumimos um compromisso, principalmente aqueles com hora marcada, devemos fazer de tudo para honrá-lo. Caso isso não seja possível, o melhor é entrar em contato com o outro, antecipadamente, para marcar um novo horário e dar uma explicação convincente. Remarcar um compromisso não é um problema. Isso ocorre entre pessoas de boa educação. Agora, faltá-lo sem nem ao menos avisar, é uma total falta de respeito com a outra pessoa.

Tenha certeza que a falta de compromisso, na grande maioria das vezes, é empecilho para novas conquistas, causando perda de oportunidades. Antes de assumir compromissos, pense a respeito e reflita se possui condições de realizá-los. Se perceber que não será possível executá-los, não os assuma. Caso tenha se encarregado de algo e depois percebeu que não será possível honrá-lo, dê satisfação a quem de direito, e procure estabelecer um novo prazo para realizá-lo. Afinal, o que está em jogo é a sua palavra, a sua honra. E saiba que honrar com os compromissos assumidos também é ser ético. Esteja comprometido com você e com o que se propôs a realizar.

Nota: imagem copiada de ruadajudiaria.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *