El Greco – TRINDADE

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

trind

A composição Trindade, também conhecida por A Santíssima Trindade, foi pintada com o intuito de ornamentar a Igreja de São Domingos, o Antigo, na cidade de Toledo. É possível observar que El Greco usou uma gravura de Albert Dürer como inspiração para o seu quadro, embora a tenha refeito, adaptando-a a seu estilo, acrescentando, inclusive, a mitra de Deus Pai e  querubins aos pés de Jesus. Além de ter se inspirado em Dürer, El Greco também tomou como modelo inspirativo as estátuas de Michelangelo, na composição do corpo (braço direito e pernas) e na musculatura de Cristo, ficando visível a influência romana.

O drama intenso e extraornidnário acontece  sobre densas nuvens, que parecem revoltas e conturbadas. Deus Pai segura o corpo sem vida de seu filho nos braços, ainda marcado pelo flagelamento. É ajudado por seis anjos, visivelmente condoídos com o acontecimento, elevando Cristo Morto ao Paraíso. Deus Pai aceita o sacrifício de seu filho Jesus, pois sua morte é necessária para a redenção da humanidade. O Espírito Santo, em forma de uma pomba branca, e à frente de raios dourados, paira acima do Pai e do Filho. Quatro pequenos anjos circundam os pés de Jesus. As nuvens servem de trono para o grupo que ascende aos céus.

A Trindade é a tela central do retábulo. Há uma convincente emoção na cena e as cores enriquecem esta comovente arte sacra. Esta obra marca o início do brilhante ciclo da maturidade do artista, em seus trabalhos.

 Ficha técnica
Ano: 1577-1579
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 300 x 178 cm
Localização: Museu do Prado, Madri, Espanha

 Fontes de pesquisa
El Greco/ Editora Girassol
Enciclopédia dos Museus/ Mirador
Pintura na Espanha/ Jonathan Brown

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *