FALTA DE TEMPO OU DESCULPA?

Autoria do Dr. Telmo Diniz

efate

Nosso dia a dia é sempre muito corrido e “falta tempo para fazer tudo em 24 horas”. Esta afirmação pode ser verdadeira uma vez ou outra, mas não pode se tornar uma constante. Boa parte das pessoas utiliza a falta de tempo como uma desculpa para tudo e todos. A pergunta a ser feita é: o que ocorre é falta de tempo ou de planejamento?

Vivemos em uma sociedade onde as pessoas têm uma vida corrida, com afazeres particulares, com muitas reuniões a serem realizadas, com muitos projetos para implantar, o supermercado para fazer, ir à escola do filho, muitos clientes para atender, etc. Várias pessoas acham que se sobrecarregando irão render mais no trabalho e na vida. Andam pra lá e pra cá igual a uma barata tonta, sem ter um desempenho eficaz. A falta de tempo afeta muitos e em todas as esferas, pois atualmente assumimos diversas tarefas a serem realizadas, e acabamos por perder o foco, a produtividade. Normalmente, as pessoas estão mais cansadas do que o de costume, pois gastam muita energia em atividades pouco produtivas. Aquelas que não têm tempo pra nada, geralmente estão procrastinando em tarefas importantes.

O fator “tempo” é algo muito importante para todos. Portanto, devemos saber dosar a quantidade de horas e minutos para realizar todas as obrigações do dia. O grande problema a ser solucionado é conseguir ter foco em uma tarefa por vez – seja em casa ou no trabalho. Antes de iniciar qualquer afazer, devemos traçar seu planejamento e buscar o tempo a ser despendido em determinada tarefa. O leitor já deve ter dito algo como: “as 24 do dia estão pequenas para mim, ou parece que trabalhei muito e não fiz nada”. Esses são sinais clássicos de falta de planejamento.

O tempo é o mesmo para todos nós e, portanto, devemos estabelecer prioridades. Independentemente da função, cargo ou tarefa a ser realizada, o foco deve ser no que é mais importante. É necessário saber distribuir as tarefas, para que ninguém fique sobrecarregado, sem ser centralizador. Assim, todos irão desenvolver suas atividades com maior qualidade, e de forma mais prazerosa. Ter foco, e colocar mais energia em um único projeto de cada vez, com certeza irá auxiliar e muito, a diminuição da síndrome do “sem tempo”, fazendo com que as pessoas tenham mais qualidade no que estão fazendo, tendo mais prazer e tempo para executar as tarefas impostas no dia a dia.

Albert Einstein já fez reflexão sobre o tema: “falta de tempo é desculpa daqueles que perdem tempo por falta de método”. Desorganização, pouco planejamento e indisciplina podem ser uma das dificuldades para encontrar o equilíbrio. É preciso liderar a própria vida e colocar na frente o que é mais importante, dando atenção ao trabalho, mas também às relações familiares. O desafio é enumerar as atividades e colocar as prioridades na frente daquelas que não merecem tanto da nossa energia naquele momento. Utilize o tempo a seu favor.

Nota: imagem copiada de www.verbojuridico.com.br

2 comentários sobre “FALTA DE TEMPO OU DESCULPA?

    1. LuDiasBH Autor do post

      Leila

      E como diz o doutor Telmo, faz-se necessário distribuir sabedoria no uso do tempo.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *