Filme – FALE COM ELA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

 facom   facoma

Fale com ela, conte isso a ela… A mente da mulher é um mistério, ainda mais neste estado. Tem de prestar atenção nelas e falar com elas, pensar nos pequenos detalhes, acariciá-las. Lembrar que existem, que vivem e que são importantes para nós. (Benigno)

Não há nada pior do que separar-se de alguém que se ama. O amor é a coisa mais triste do mundo, quando acaba, como diz uma canção de Jobim. (Marco)

O filme, para mim, tem a leveza e a emoção da música de Jobim. Ambos são um pouco aéreos e etéreos, nos levantam da superfície. (Almadóvar)

Pedro Almodóvar, cineasta espanhol, tornou-se conhecido em todo o mundo com o seu brilhante trabalho em filmes como Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos, Tudo Sobre Minha Mãe, Volver, dentre outros, a ponto de ser colocado no mesmo nível dos brilhantes diretores espanhóis Luis Buñuel (A Bela da Tarde) e Carlos Saura (Carmem). Almodóvar nunca pôde estudar cinema, pois nem ele nem sua família tinham dinheiro para pagar seus estudos. Homossexual assumido, seus filmes trazem a temática da sexualidade abordada de maneira sublime. Mas nenhum de seus filmes fez tanto sucesso e foi tão premiado quanto Fale com Ela, que o colocou na categoria de o primeiro diretor espanhol a ser indicado ao Oscar de melhor diretor. É extremamente elegante e complexo, com vários temas e cenas dentro de cenas, com idas e voltas ao passado e ao presente, sem perder a conexão.

No filme Fale com Ela, o diretor espanhol dá maior destaque ao universo masculino, em que os homens são sensíveis, sabem ouvir, choram e mostram seus sentimentos. As mulheres são silenciadas por causas acidentais. A maioria de seus filmes anteriores destaca os personagens femininos e suas complexidades e interações entre si e com o mundo à volta.

Para escrever o roteiro de , Almodóvar buscou inspiração nos noticiários, como no caso da americana que acordou depois de seis anos em coma e em outro caso acontecido na Romênia, em que um vigia noturno violou o cadáver de uma jovem. Com o ataque do vigia, a moça, que sofria de catalepsia, acordou e se livrou de ser enterrada viva. Prenderam o estuprador, mas a família pagou advogados para ele e lhe deu todo o apoio. Outra notícia foi a de uma mulher em Nova York que, mesmo em coma, apareceu grávida, sendo o responsável pela gravidez um funcionário da clínica.

Fale com Ela (2002), que conquistou Hollywood e 32 prêmios internacionais, vem na mesma linha de sucesso de Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos. O filme conta a relação entre o enfermeiro Benigno (Javier Cámara) e a sua paciente Alicia (Leonor Watting) de uma maneira extremamente sensível. Existem outras histórias paralelas que acabam por se entrelaçar, enriquecendo a trama, como é o caso da relação do jornalista Marco Zuluaga (Darío Grandinetti) com a toureira Lydia González (Rosário Flores).

Benigno, um rapaz ainda muito jovem, que passou 20 anos ao lado de sua mãe doente, tendo uma vida de reclusão e total dedicação a ela, tendo, inclusive, feito cursos de enfermagem e manicure por correspondência para cuidar dela. Possui um ar maternal e uma aparência assexuada. Sua única diversão era observar as aulas de balé de uma academia, que fica de frente para o apartamento onde vivia com a mãe. E é dali que ele fica conhecendo Alicia, por quem passa a alimentar uma paixão platônica. Somente após a morte da mãe, quando começa a trabalhar como enfermeiro, é que ele tenta se aproximar de sua deusa, embora tímido e desajeitado. Chega a marcar uma consulta com o pai da moça que é psiquiatra, a fim de tentar vê-la.

Após sofrer um acidente de carro, Alicia entra em coma e Benigno é contratado como enfermeiro exclusivo, para tomar conta dela. O pai da moça acha que ele é gay, o que o deixa mais tranquilo em relação aos cuidados que o enfermeiro dispensará à filha, ao manusear o seu corpo inerte. Ou seja, ele não representa perigo para ela.

Benigno trata Alicia como se ela pudesse ouvi-lo e senti-lo. Quando está de folga, faz tudo o que ela gostava de fazer: vê espetáculos e mostras de cinema mudo para lhe contar depois. Descreve-lhe tudo: coreografias, cenários, falas. Numa das peças vistas, Café Müller, ele lhe fala de um homem que estava sentado ao seu lado e se encontrava muito emocionado, com os olhos cheios de água. Mostra-lhe, também, o autógrafo que a bailarina Pina Bausch mandou para ela com a seguinte dedicatória: “Espero que vença os obstáculos e comece a dançar.”.

Diálogo entre Benigno e a enfermeira Rosa, enquanto ele corta o cabelo de Alicia:

Vamos deixar do jeito que estava quando ela chegou aqui. Não quero que note a diferença quando acordar.

Depois de quatro anos em coma, seria um milagre, Benigno.

– Eu acredito em milagres. Você deveria acreditar também.

Por que eu?

Porque precisa deles. Pode acontecer um, mas como não crê, nem perceberia.

Enquanto isso, o jornalista Marco Zuluaga, escritor de guias de viagem (o mesmo que Benigno vira chorar no teatro), ao assistir uma entrevista com a toureira Lydia González, onde a entrevistadora, grosseiramente, especula sobre o fim de seu romance com o mais famoso toureiro da Espanha, Niño de Valencia (Adolfo Fernández), liga para o seu editor sugerindo uma reportagem com ela. Os dois acabam se conhecendo e um incidente contribui para dar início a uma relação amorosa entre eles. Ambos vêm de relacionamentos sofridos.

Lydia, dividida entre o ex-amante e Marco, avisa ao último que precisa ter uma conversa séria com ele, após tourear. Mas, durante a tourada, incapaz de se concentrar, é ferida mortalmente pelo touro, entrando em estado de coma. Ela fica na mesma clínica, ao lado do quarto, onde se encontra Alicia.

Ali, Marco e Benigno começam a se cruzar inevitavelmente, travando uma sólida amizade. O jornalista toma conhecimento do drama da bailarina e confidências são trocadas entre os dois, apesar de terem temperamentos diferentes. Enquanto Benigno conversa com Alicia, dá-lhe banho, cuida de seus cabelos e unhas, faz maquiagem, massagens e veste-a com ternura e delicadeza, Marco nem consegue tocar em Lydia, perdido em seu mundo de sofrimento. O enfermeiro então o estimula a conversar com a amada. Mas Niño, ex-amante de Lydia, conta ao jornalista que, alguns dias antes de a tragédia acontecer, ele e a toureira haviam reatado o romance. E que ela não teve tempo de lhe contar a verdade.

Marco resolve ir embora, para escrever mais um de seus guias de viagem. Ao se despedir do amigo enfermeiro, esse lhe conta que desejaria se casar com Alicia, mas o amigo repreende-o, energicamente, dizendo: Sua relação com Alicia é um monólogo e uma loucura. E exige que ele lhe prometa não tocar no assunto com ninguém mais.

Oito meses depois, em viagem, o jornalista lê num jornal uma nota sobre o enterro de Lydia. Liga para a clínica e lhe contam que Benigno encontra-se preso, acusado de ter estuprado Alicia. Volta imediatamente para Madri para ajudar o amigo. A história termina com um acontecimento trágico e um milagre. E também com a possibilidade de se iniciar mais um novo romance.

Além de Fale com Ela ser um filme sensível e comovente, mesmo levando em conta a crueldade das touradas, ainda temos a presença da música popular brasileira. Caetano Veloso canta uma versão intimista de Cucurrucucu Paloma, do mexicano Tomás Mendez Sosa, acompanhado apenas de violão e do violoncelo de Jaques Morelenbaum, numa das cenas mais bonitas do filme. Por Toda a Minha Vida, de Tom Jobim e Vinicius, na voz de Elis Regina e com um arranjo de cordas, é também tema de uma emocionante sequência que acontece durante uma tourada.

Curiosidades:

• O amor é o tema central do filme: Benigno ama Alicia; Marco ama Ângela (a ex-namorada viciada em heroína); Lydia ama Niño de Valencia; a enfermeira Rosa (Mariola Fuentes) ama Benigno e a professora de dança Katerina (Geraldine Chaplin) ama Alicia. Ainda existe o grande amor fraternal entre o enfermeiro Benigno e o jornalista Marco, que ata toda a trama.

• Javier Câmera, para se preparar para viver o papel de Benigno, teve quatro meses de aulas de enfermagem, massagem, manicure, cortes de cabelo e bordado, para expressar melhor a total dependência de um corpo em estado vegetativo.

• As atrizes Leonor Watling e Rosario Flores tiveram três meses de aulas de ioga, na modalidade iyengar, para “viverem” em estado vegetativo.

• Leonor ainda teve aulas de balé por três meses e Rosario treinou o toureio diariamente.

• As cenas de touradas no filme são reais, o que gerou protestos de grupos de defesa dos direitos dos animais de Madri e ameaça de processo contra o diretor.

• A produção teve autorização das autoridades e donos dos animais para sacrificar os touros escolhidos para as filmagens.

• Fale com Ela ganhou o Oscar de roteiro original e Pedro Almodóvar foi indicado como melhor diretor. Ganhou o Globo de Ouro como melhor filme em língua estrangeira. Ganhou o César de melhor filme da União Européia.

• Pedro Almodóvar é responsável por exportar talentos para Hollywood como Antonio Banderas (que fez cinco filmes com ele) e Penélope Cruz.

• Almodóvar também ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro com Tudo sobre minha mãe.

• Rosario Flores, além de atriz, é também um dos grandes nomes da música espanhola, vencedora de dois Grammy Latino.

• Geraldine Chaplin, filha de Charles Chaplin, é a dedicada professora de balé.

• Almodóvar conta que o roteiro de Fale com Ela foi escrito no Rio de Janeiro e que sua inspiração principal foi a MPB.

Cenas imperdíveis:

  • O filme inicia-se com duas mulheres executando uma coreografia triste de Pina Bausch (Café Müller), alheias ao mundo. As vestes brancas das bailarinas e o modo como se movimentam antecipam a condição de alheamento de Alicia e Lydia.
  • Benigno conversa com Alicia e lhe conta que foi ao camarim e pediu a Pina Bausch um autógrafo para ela.
  • Benigno está fazendo massagens no corpo de Alicia, quando o pai dela chega e o questiona sobre a sua sexualidade. Ele mente, confirmando que gosta de homens.Alicia e Lydia tomam sol, acompanhadas por Benigno e Marco, viradas uma para a outra, como se estivessem conversando.
  • Benigno pede Marco para lhe dar um abraço, dizendo: Abracei muito pouca gente na minha vida.
  • A reação perturbadora de Benigno ao assistir ao filme mudo Amante Minguante, em que um homem entra inteiro no sexo feminino, relacionado depois ao estupro cometido pelo enfermeiro.
  • O momento intimista em que Caetano Veloso canta para uma pequena platéia.
  • O jornalista Marco escuta e se emociona com o que lhe passa Benigno.
  • A sensibilidade (ao contrário das touradas) em não mostrar a cobra morta, mas apenas a sua simulação.
  • O altar do quarto de Lydia mostrando toda a sua religiosidade, num contraste com a crueldade da profissão que exercia (matar touros).
  • A compreensão, a ternura, o companheirismo e a amizade explícitos nas cenas envolvendo Benigno e Marco.
  • As constantes referências à música brasileira. Marco comenta: Este Caetano é de arrepiar!
  • O filme encerra-se com outra coreografia de Pina Bausch (Musarca Fogo).

Fontes de Pesquisa:
Cinemateca Veja
1001 Filmes …

4 comentários sobre “Filme – FALE COM ELA

  1. Marcelo Araújo

    É um ótimo filme realmente. Quando você informa “relacionado depois ao estupro cometido pelo enfermeiro.” Mas, como se sabe realmente se foi Benigno quem estuprou Alicia? Isso não fica evidente na trama. Apenas dá a entender a suspeita sobre ele. Mas gera dúvida, pois pode até ser o jornalista Marco, que ficou estupefato com o corpo da moça. Mais uma genialidade sutil de Almodovar.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Marcelo

      O filme é mesmo belíssimo. Também sou uma grande admiradora da obra de Almodóvar. Para mim, ele é um dos cineastas mais adoráveis de nosso tempo.

      Quanto ao fato do estupro, ele realmente trata o tema com muita sutilidade, de forma a não escandalizar o espectador. E, se assim o faz, penso já ser uma forma de prepará-lo para aceitar o fato de que tenha sido Benigno, um ser humano da maior grandeza, mas passível de erro como qualquer outro. Além disso, andei lendo mais sobre o filme, à época, e foi realmente Benigno (veja o significado do nome, que também tem a ver com o seu papel no filme) o responsável pelo estupro. Além do mais, Marco parecia uma pessoa de bem e, por seu papel, não deixaria o amigo passar por aquilo.

      O que se questiona é o fato de o estupro ter trazido Alicia à razão, tirando-a do coma. E, assim sendo, ele lhe foi benéfico. Mas, ainda assim, seu autor mereceria ser castigado, ou não? Trata-se de um paradoxo.

      Quanto à interpretação do filme, ela deve ser livre. E se essa dúvida persiste para você, sua análise está correta, pois nenhuma obra de arte pode ser fechada.

      Marcelo, foi um grande prazer receber a sua visita neste blog. Venha sempre trocar ideias conosco. E repasse nosso endereço para seus contatos.

      Abraços,

      Lu

      Responder
      1. Marcelo Araújo

        Oi Lu,
        Obrigado pela resposta ágil. Então agora eu tenho certeza da minha suspeita… hehehe.
        Abraços e bom trabalho com o blog!

        Responder
        1. LuDiasBH Autor do post

          Marcelo

          Ao receber leitores como você fica a certeza de que o blog está no caminho certo.
          Grande abraço,

          Lu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *