Guignard – A EXECUÇÃO DE TIRADENTES
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

aexdeti

Juscelino Kubistchek e Guignard muitas vezes estiveram juntos. O Guignard frequentava a casa da Lúcia Machado de Almeida e o Juscelino estava sempre lá. Ele tinha uma verdadeira paixão por Guignard, sempre o tratou com distinção e respeito. Dona Sara também era uma admiradora e recebia-o com todas as honras. Juscelino ganhou de presente do artista aquela obra histórica, a “Execução de Tiradentes”. (Pierre Santos)

 A Execução de Tiradentes é uma obra do pintor brasileiro Alberto da Veiga Guignard, e trata-se de sua única obra pertencente ao gênero histórico, tendo sido pintada em Minas Gerais, onde o artista passou parte de sua vida, ali vindo a falecer. Foi feita a pedido de Juscelino Kubitschek, presidente do Brasil, à época.

O pintor narra um fato da história brasileira, a morte de Joaquim José da Silva Xavier, alcunhado de Tiradentes. Contudo, pelo fato de amar muito a cidade de Ouro Preto ou por desconhecimento mesmo, o artista situa a execução do herói na cidade mineira, quando, na verdade, ela ocorreu na cidade do Rio de Janeiro, no estado do mesmo nome.

A figura de Tiradentes, com sua cabeleira negra a cair-lhe pelos ombros e costas e barba longa, está envolta por uma túnica azul. Já se encontra no patíbulo, tendo à sua frente o carrasco e à direita um padre. Muitos soldados armados, vestidos com uniforme vermelho e branco, acompanham a cena, assim como inúmeras pessoas espalhadas em volta do local e pelas estradas e morros adjacentes, que se manifestam levantando as mãos. É grande o número de indivíduos negros, muitos deles contidos por dois soldados, para não entrarem no local.

Ao fundo descortina-se a cidade com seus morros, casarios e igrejas. Um céu carregado por nuvens densas é coroado por um sol de sangue, que divide a tela exatamente ao meio, assim como o faz a figura do mártir.

Ficha técnica
Ano: 1961
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 60 x 80
Localização: Coleção Sergio Fadel, Rio de Janeiro, Brasil

7 comentários sobre “Guignard – A EXECUÇÃO DE TIRADENTES

  1. Pierre Santos

    Lu, gostei de seu texto sobre o “Enforcamento de Tiradentes”. Achei-o muito pertinente. Parabéns. Vou enviar-lhe, por e-mail, um texto que tenho escrito sobre o mesmo tema – isto quando a saúde me consentir. Assim, depois conversaremos. Um abração.

    Responder
  2. Leila Gomes

    Lu

    Recentemente visitando o Rio de Janeiro fiz questão de conhecer o Palácio Tiradentes e parte do trajeto de Tiradentes antes da execução. Fiquei emocionada com o sua descrição sobre a obra do Guignard “A Execução de Tiradentes”, a cena se desenhou à frente dos meus olhos.

    Um grande abraço

    Leila

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Leila

      É realmente uma obra muito tocante sobre um fato impregnado na essência de nossa história. Eu já estava com saudades suas.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Renata

      Fantástico mesmo é ter leitores como você, que enobrecem o trabalho de qualquer blogueiro. E é a vocês que dedico este site. Agradeço sua generosidade e estímulo e espero contar sempre com sua prazerosa presença.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *