Heitor dos Prazeres – O POETA E A MUSA

Autoria de LuDiasBH

HEIPOEMU

A composição O Poeta e a Musa é uma obra do pintor brasileiro Heitor dos Prazeres. O artista optou pela arte naïf, também conhecida como arte primitiva ou ingênua.

Não resta dúvida de que Heitor usou este quadro para retratar o seu universo de sambista e pintor. Possivelmente seja ele o personagem aqui representado e, que se encontra à mesa, com a mão esquerda sobre uma partitura e com a direita segurando um copo. Sobre a mesa estão um cavaquinho, companheiro dileto do artista, e uma garrafa verde com cachaça, estando o líquido pelo meio, além de duas pequenas caixas, possivelmente uma de fósforo e outra de cigarro. É possível ver parte de seus sapatos pretos adornados de branco, debaixo da mesa, uma marca peculiar do artista.

Além da cadeira em que se encotra assentado o personagem, três outras espalham-se pelo ambiente. Uma delas traz no espaldar o seu paletó, outra tem um vaso de flores no assento, possivelmente retirado da mesa para dar espaço ao artista representado. E a quarta traz as roupas da musa. Ao fundo, em segundo plano, vê-se a capa do cavaquinho descansando sobre um armário de duas portas. Na parede, à esquerda do personagem, encontra-se um quadro paisagístico, que parece mostrar um homem tocando e duas outras figuras dançando.

À direita do personagem está sua musa (possivelmente Nativa Prazeres, segunda esposa do artista), de camisola, deitada sobre um colcachão verde, encima de uma cama que parece flutar. Ela, com a mão esquerda sob a cabeça, espera pacientemente pelo companheiro. À sua direita encontra-se um criado-mudo com um abajur e dois outros objetos não identificáveis.

A cor predominante na tela é o marrom com suas variações, fazendo um belo contraste com o verde do colchão, da garrafa e o presente no quadro afixado à parede, à direita o observador. Chamam também a atenção o amarelo da camisa do personagem, o do cavaquinho e o da janela. O chão é feito de tábuas corridas. Heitor contraria neste quadro uma das regras básicas de suas pinturas, que é a de colocá-las de perfil. Aqui elas estão olhando para frente, em direção ao observador.

Ficha técnica
Ano: 1957
Dimensões: 40 x 51 cm
Técnica: óleo sobre tela
Localização: coleção particular

Fonte de pesquisa
Heitor dos Prazeres/ Coleção Folha

2 comentários sobre “Heitor dos Prazeres – O POETA E A MUSA

    1. LuDiasBH Autor do post

      Leila

      A pintura de Heitor dos Prazeres enquadrava exatamente dentro desta sua definição. Virão ainda muitos quadros. Cada um mais comovente do que o outro.

      Beijos,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *