HOJE É DIA DE FESTA DE REIS

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH tai1

A Festa de Reis celebra a visita dos Reis Magos, conhecidos como Melchior, Baltazar e Gaspar, ao menino Jesus, logo após o seu nascimento, vindo do Oriente até Belém, guiados por uma estrela, segundo reza o cristianismo. Grupos pequenos de ranchos e folias fazem parte da comemoração. De acordo com a região, participam também o boi janeiro, o burrinho, os palhaços, a mulinha, pastorinhas ou zagais (pastores).

Segundo Frei Chico, em seu Dicionário da Religiosidade Popular, a origem da Festa de Reis pode estar correlacionada com o “13º e último solstício do inverno europeu: 6 de janeiro, que terminou recebendo um significado religioso”. A folia dos santos reis é tão antiga, que relatos dela vêm da Idade Média. A folia de reis apresentadas no Brasil tem a sua origem em Portugal. Foram trazidas pelos jesuítas com o intuito de catequizar os índios e, posteriormente, os escravos. São ainda encontradas em vários países europeus. A diversidade étnica, geográfica e cultural de nosso povo contribuiu para que variadas formas de folia surgissem, tradição que é recebida e passada para frente, através dos tempos.

Um grupo de pessoas, movidas pela fé ou pelo divertimento, visita casas e até mesmo fazendas mais próximas, cantando e brincado, simbolizando a visitação dos reis magos ao Deus Menino. À frente do grupo vai a bandeira, ou estandarte, com a figura dos reis magos, que é a peça sagrada que o grupo carrega. A duração das visitas varia de acordo com a tradição do lugar. Pode começar na noite de Natal, antes da missa do galo e prosseguir até o dia 6 de janeiro. Ou se iniciar no dia primeiro de janeiro indo até o dia 6 do mesmo mês. Há regiões em que ela se estende até o dia 2 de fevereiro, simbolizando a volta dos reis magos para o Oriente.

O grupo de folia canta em frente ao presépio, onde se encontra o menino Jesus. Alguns grupos possuem o mestre, embaixador ou tirador (de versos). Ele possui uma grande responsabilidade pelo andamento da folia e deve responder a qualquer pergunta feita pelo público sobre o nascimento de Jesus.

Ao se postar diante de uma casa, o grupo de folia canta o canto da chegada, pede licença para entrar, saúda o menino Jesus no presépio e também os moradores, pede esmola, agradece e se despede. O interessante é que as casas que são visitadas, normalmente se encontram com a porta fechada, para que todo o ritual seja cumprido. Em algumas regiões do país, os moradores da casa beijam a bandeira, e o dono da morada entra nos cômodos com ela, abençoando todos os aposentos.

A esmola recebida tem, normalmente, um fim filantrópico. Em muitas casas, os foliões são generosamente alimentados, podendo continuar, sem fome ou cansaço, a visitação. O estado de Minas Gerais é um dos mais ricos na tradição de Folia de Reis também conhecida como Terno de Reis.

Os cantos que acompanham as visitas são bastante variados. Abaixo, alguns exemplos:

(Chegada)
Aqui estão os santos reis/ que vieram lhe visitar/ vêm pedir a sua esmola/ pra seu dia festejar.

(Pedido)
Se tiver de dar a esmola/ não demore, venha dar/ que as noites estão pequenas/ temos muito que andar.

(Agradecimento)
Deus lhe pague a bela esmola/ Dada de bom coração/ na Terra terá o pague/ e no céu a salvação.

ou

A pessoa que põe um ovo/ na sacola do pidão/ peço a Deus que a proteja/ e nunca lhe falte o pão.

(Se a esmola não sai)
Esta barba de farelo/ não tem nada pra nos dar/ Deus permita que ela vire/ gavião caracará.

Nota:
A imagem do texto representa as associações de moradores dos bairros Patrimônio e Morada da Colina, na região Sul de Uberlândia, e a festa de Folia de Reis. (uipi.com.br)

4 comentários sobre “HOJE É DIA DE FESTA DE REIS

  1. Leila Gomes

    Lu

    Muito oportuno o texto, mediante o fato da Folia de Reis ter sido declarada como Patrimônio Cultural Imaterial de Minas Gerais, pelo Conselho Estadual do Patrimônio Cultural (Conep).

    Abraços

    Leila

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Leila

      Isso foi muito bom, pois contribui para que essa maravilhosa forma de cultura não desapareça.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Manoel Matos

    Lu

    Adorei o texto, pois me fez lembrar dos meus tempos de criança no Vale do Jequitinhonha. Ainda hoje temos todas essas festividades por lá, onde o folclore e a religiosidade ainda estão muito vivos.

    Manoel

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Nel

      A cultura do Vale do Jequitinhonha é bela e variada. Dá gosto assistir aos festejos populares daquela gente.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *