Jacopo Bassano – A ÚLTIMA CEIA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O pintor italiano Jacopo Bassano (c. 1517 – 1592), cujo nome de batismo era Giacomo Ponte, estava entre os mais famosos nomes de artistas no final da Renascença. Por ter nascido numa família de pintores, sendo ele o mais importante, estudou inicialmente com o pai Francesco Bassano, o Velho e depois com Bonifazio Veronese, em Veneza. O artista foi influenciado por Ticiano, Lorenzo Lotto, Tintoretto e também pelos pintores maneiristas, entre ouros. Suas obras destacam-se por uma grande luminosidade, exatidão nos detalhes e o uso de elementos narrativos simples.

A composição intitulada A Última Ceia é uma obra-prima do artista. Na cena Jesus Cristo está rodeado por seus apóstolos. Eles se mostram agitados, gesticulando energicamente após o aviso de que o Mestre seria traído por um deles. Contudo, o discípulo João, o mais novo de todos, parece dormir, sentado na frente de Cristo, em meio a toda aquela confusão. Enquanto alguns parecem ganhar grande espaço na tela, outros são mostrados numa perspectiva reduzida. Apesar de ser um tradicional tema religioso, elementos da pintura de gênero também são apresentados. Ao apontar para o pão partido, enquanto eleva os olhos para Jesus, o apóstolo sentado na extrema direita, faz uma alusão ao Redentor.

Jesus Cristo de pé  – evidenciado por raios de luz que saem de sua cabeça – divide a composição ao meio. Alguns apóstolos estão sentados, outros recostados na mesa e outros de pé. Uma toalha branca cobre a mesa retangular. Pés desnudos são vistos debaixo da mesa, inclusive os do Mestre, juntos, em meio ao do apóstolo dorminhoco.

A cena acontece no interior modesto de uma habitação. Os rudes pescadores descalços e com suas roupas grosseiras, muitos deles já com barbas brancas, discutem fervorosamente. Para dar mais realidade à cena doméstica, o pintor inseriu um gato na parte inferior, à direita, e um cãozinho no centro, dormindo perto de uma bacia com água e de um recipiente com vinho.  São muito intensos os tons vistos na tela: verdes, amarelos, vermelhos, etc.

Ficha técnica
Ano: c. 1547
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 168 x 270 cm
Localização: Galleria Borghese, Roma, Itália

Fontes de pesquisa
Galleria Borghese/ Os Tesouros do Cardeal
1000 obras-primas da pintura europeia/ Köneman

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *