Livro – MEU IRMÃO, MEU AMIGO

Autoria de LuDiasBH

meu

O escritor Francisco Paiva Carvalho nasceu na cidade mineira de Pará de Minas, em 1955. É bacharel em Direito, casado e pai de dois filhos. Desde muito cedo descobriu seu talento para a literatura. Possui poemas, contos adultos e infantis publicados em livros e jornais. Foi vencedor de concursos promovidos pela Prefeitura de Pará de Minas, pelo Movimento Pitanguiense de Ação Cultural e pela Universidade de Itaúna. Recebeu menção honrosa em concursos literários promovidos pelas Academias de Letras das cidades mineiras de Divinópolis e Araguari e também da cidade de Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo. Publicou em 2010, pela Editora Novaterra, o livro Lua Crescente (http://migre.me/twplt),  em coautoria com o ilustrador Fernando Reis.

 A vontade de escrever o livro “Meu Irmão, Meu Amigo” surgiu há bastante tempo,  quando Francisco Paiva Carvalho percebeu que havia escassez de textos infanto-juvenis com temática relativa à morte. A partir daí nasceu a ideia de escrever uma história de ficção que pudesse entreter e, também, ajudar as crianças a compreenderem um pouco do que seja essa partida, muitas vezes inesperada, pois muitas delas passam pela experiência de perder um ente querido, sem jamais terem lido algo sobre o assunto, o que torna o choque muito grande, deixando às vezes profundas sequelas. O público alvo desse trabalho é dirigido à faixa etária de 7 a 12 anos de idade. 

Sinopse

O livro “Meu Irmão, Meu Amigo” narra a comovente história de dois irmãos, José Maria e Joaquim, que sempre tiveram uma ligação muito forte entre si. Mais do que irmãos, eles eram, sobretudo, dois grandes amigos, companheiros inseparáveis. O amor que os unia era feito de admiração e de muito cuidado de um com o outro. Faziam as tarefas escolares juntos, viam televisão, dormiam no mesmo quarto e até sonhavam, muitas vezes, os mesmos sonhos. O mais novo deles até desejava que o mais velho fosse reprovado na escola, para que pudessem frequentar a mesma sala. Mas como a vida tem os seus reveses, um trágico acidente aconteceu na vida desses dois garotos, obrigando-os a separem-se para sempre. Diante da intensidade da dor, José Maria acabou criando uma estratégia, de modo a preservar o irmão do sofrimento incontido, que parecia inevitável.

Fica portanto o convite aos pais, com filhos entre 7 e 12 anos, para que os façam conhecer a história comovente desses dois irmãos, em que o amor e a  lealdade falam mais alto e, para que também possam ir compreendendo que a vida humana é finita. Não há como não se emocionar diante de “Meu Irmão, Meu Amigo”.

Nota: o livro foi lançado em e-book, bastando acessar a página abaixo:
http://digitalizabrasil.com.br/e-books/meu-irmao-meu-amigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *