O CRISTIANISMO NOS DIAS DE HOJE

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

crisred

O cristianismo representa o conjunto das religiões cristãs, ou seja, aquelas que são baseadas nos ensinamentos, na pessoa e na vida de Jesus Cristo. Portanto, cristão é todo aquele que professa o cristianismo e acredita que Jesus Cristo é o Filho de Deus, que se tornou homem e morreu na cruz para remir a humanidade de seus pecados.

A religião cristã divide-se em três ramos principais: Catolicismo, a Ortodoxia Oriental (que se separou do catolicismo em 1054) e o Protestantismo (que surgiu no século XIV com a Reforma Protestante). O Protestantismo, por sua vez, subdivide-se em outros grupos, chamados de denominações. As diferenças entre as três vertentes do Cristianismo encontram-se na forma de como elas interpretam certos pontos da religião, embora partilhem de muitos pontos comuns. O mesmo acontece com as denominações protestantes, que divergem em certos pontos da interpretação da Bíblia (livro sagrado para todo cristão) e, muitas vezes significam apenas a criação de uma nova igreja. O Cristianismo é a religião do mundo que conta com o maior número de seguidores.

Os Evangelhos (os primeiros quatro livros do Novo Testamento) podem ser divididos em cinco partes: os atos da vida do Cristo, os milagres, as predições, as palavras que fundamentam os dogmas do cristianismo e o ensino moral. De que parte dos Evangelhos mais precisa o mundo nos dias de hoje? Qual deve ser vista com mais afinco? Em que tecla mais se deve bater? Não resta dúvida de que seja o ensino moral, responsável pela reforma interior que cada cristão deverá fazer de si. A humanidade nos dias atuais possui palavras de mais e boas ações de menos, pois os ensinamentos morais, embutidos numa grande massa de narrativas, passam muitas vezes despercebidos aos fiéis, cuja maioria carrega apenas o rótulo, sem nenhuma vivência cristã.

Perdem tempo as religiões cristãs, disputando quem detém a verdade absoluta. Pretensão ingênua e descabida. Qual delas pode se arvorar em árbitro supremo da verdade? Melhor seria que gastassem o tempo mostrando a seus adeptos como se transformar em pessoas melhores para si e para o planeta, pois os preceitos morais estão em decadência no mundo em que vivemos, e a maioria dos ditos cristãos levam em conta apenas os rituais. É preciso resgatar os ensinamentos de Cristo sobre a compaixão, a tolerância e a comunhão entre os homens, enquanto existem caminhos possíveis de serem trilhados.

Os sofomaníacos e os presunçosos do Cristianismo, existentes nos três ramos, precisam ter humildade para admitir que nem tudo sabem e que não possuem todas as respostas, mas que podem caminhar juntos, dentro de uma visão ecumênica, de modo a ajudar a salvar a humanidade de seu egocentrismo e, em consequência, o planeta Terra.  Não é possível falar de fé a uma pessoa faminta, pois o corpo físico ignora a mente para sobreviver. Também não é possível falar de salvação em “outra vida”, quando o egoísmo e a ganância dizimam homens e mulheres e, em consequência, esfacelam as relações humanas e o planeta, sem dó ou piedade.

As divisões e subdivisões do Cristianismo aconteceram em razão de diferentes opiniões. E o que é “opinião”? Responde o nosso Aurélio: “Forma de assentimento (2) objetiva e subjetivamente insuficiente já que é dado a conhecimentos reconhecidos como duvidosos”. Toda opinião é pessoal. Toda pessoa é passível de erro. Logo, toda opinião pode ser verdadeira ou falsa, carecendo sempre de confirmação. De modo que é lamentável ver a colcha de retalhos em que se transformou o Cristianismo. Seus galhos trabalham muito mais com as divergências do que com as concordâncias e valem-se das dissensões, e até as procuram, para se manterem separados do grande tronco. Ignoram o exemplo de seu Mestre Jesus que sempre buscou a unidade.

Se amássemos o próximo como a nós mesmos, todas as religiões estariam mortas.

Nota: Imagem copiada de http://taikotdb.blogspot.com.br

15 comentários sobre “O CRISTIANISMO NOS DIAS DE HOJE

  1. Márcio Silva

    Na Europa, religião é cultura, mas nos trópicos ela é objeto de comercialização (marketing/merchandising).
    Algumas pregam que o “Diabo não Existe”. “O maior triunfo do Diabo é convencer a humanidade que ele não existe” (Charles Boudelaire).

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Márcio

      Para mim, o caráter de uma pessoa, onde se inserem sua moral e generosidade, é a melhor de todas as religiões, pois abrange todos os mandamentos. Todo o resto não tem passado de comércio. Quanto ao diabo, acho que o homem é o mal maior do mundo, com sua força destrutiva e sua ânsia por riqueza e poder.

      Abraços,

      Lu

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      As religiões cristãs viraram fábricas de produzir dinheiro, enquanto os dirigentes ficam cada vez mais ricos. E ainda acham bobos para segui-los.

      Eu diria que religião e dinheiro são as faces de uma mesma moeda.

      Abraço,

      Lu

      Responder
  2. Pedro Rui

    Jesus disse que tivéssemos atentos às contaminações das palavras, das ações humanas e nos amássemos uns aos outros como a nós mesmos, coisa que não acontece! Nós é que temos que ter o senso de amar, de perdoar e não nos deixarmos contaminar com as religiões, pois isso não passa de belo negócio.

    Eu próprio leio a Bíblia, o faço para me alimentar espiritualmente e não causar dano algum; muita gente aproveita-se das escrituras sagradas, e eu os chamo de hipócritas. As pessoas se agarraram às coisas materiais. Por vezes dou comigo a pensar, se será que o amor está em extinção?

    Abraços Lu

    Rui Pedro

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Rui

      Hoje, as religiões estão povoadas de hipócritas, querendo cada vez mais arrancar dinheiro do povo, enquanto vivem no maio luxo. Usam o nome de Deus apenas para obterem vantagem. O mais importante é a bondade que carregamos dentro de nós. O amor ao próximo é coisa em extinção, a partir daqueles que dizem servir a Deus.

      Abraços,

      Lu

      Responder
      1. Pedrorui Rui

        Há algo que eu não disse: mais cego é aquele que não quer ver, pois as escrituras sagradas vão se concretizar, porque a humanidade está cega e surda, e não quer ver para onde está a ir; é triste mas é verdade.

        Responder
        1. LuDiasBH Autor do post

          Pedro

          Você está coberto de razão. Tudo tem um fim. Nada é eterno. Ainda assim a humanidade continua prepotente, arrogante e idiota.

          Grande abraço,

          Lu

  3. José Henrique

    Perfeito, é isso que tento mostrar, falar, mas me faltam palavras para expressar meu sentimento de repúdio; infelizmente as religiões e os costumes estão acabando com o verdadeiro amor. Cristo ensinou a amar, zelar pela família; tudo gira em torno do AMOR. E onde está o amor dos cristãos? Somos os primeiros a apontar o dedo a um Espírita, no entanto, não fazemos a metade do que eles fazem aos necessitados. Devemos parar com essa hipocrisia , deixar nosso eu e amarmos as pessoas, ao invés de amarmos as coisas. Eu estou em busca de um evangelho simples e humilde, mais confesso que vou morrer e nunca vou encontrar.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      José Henrique

      O que assistimos no mundo de hoje é apenas uma sucessão de rótulos disso e daquilo. E onde ficam os rótulos nos objetos? Na parte exterior. O mesmo acontece com a humanidade, cada vez mais cheia de títulos. O amor compassivo e generoso é uma matéria em extinção. E, infelizmente, as pregações religiosas hoje reduzem apenas às teorias, jamais às práticas. O deus real passou a ser o dinheiro, daí os impérios construídos pelo cristianismo e as outras tantas religiões. Como acertadamente coloca você, o homem passou a amar os objetos em vez das pessoas. E para isso destrói a natureza, em todas as suas formas de vida, sem nenhum respeito. É levado pelo consumismo doentio a colecionar um monte de bobagens, para tapar os buracos da alma, que, apesar de tudo, continuam vazios.

      Você diz que está em busca de um evangelho simples e humilde e que acha que vai morrer sem encontrá-lo. Nada disso! Ele está dentro de você: na sua maneira de olhar a vida, no cultivo da simplicidade, na eliminação dos preconceitos, no trato com os humildes, na aceitação daquilo que não pode mudar, na generosidade para com o outro, na disseminação do bem, na luta pela paz em todos os âmbitos, no agradecimento pela vida a cada dia, no sorriso fácil, no cumprimento diário às pessoas, no se sentir igual, no distanciamento do consumismo doentio, etc. A verdadeira igreja está dentro de nós, e não em templos onde o mantra é “dinheiro”. Não acredito em sermões, mas em exemplos.

      O espiritismo é realmente um exemplo de simplicidade e abnegação. Mas tampouco significa que todos ali estejam no mesmo patamar de crescimento espiritual. Também possuem os seus defeitos, mas o melhor é que estão tentando crescer, imbuídos pela ajuda ao próximo.

      Continue sendo uma pessoa boa da qual se orgulhe, e deite-se cada noite com o sentimento de ter feito o bem naquele dia… e terá encontrado o verdadeiro Cristo.

      Obrigada pela sua presença aqui no blog. Volte sempre.

      Abraços,

      Lu

      Responder
      1. José Henrique

        É complicado viver os ensinamentos do verdadeiro Cristo em meio a uma humanidade cheia de pecados. Já passei por três denominações de igrejas diferentes e todas, simplesmente todas, pregam mas não vivem o que pregam. Às vezes me sinto um fariseu… kkkkk. Sempre acho defeitos, sempre me questiono, sinceramente fico muito decepcionado com tudo isso. Recentemente tive que sair de uma igreja, pois o “P.” me disse que Deus havia falado com ele em sonhos, e, que no sonho eu e minha família estávamos levando vários tiros em frente de casa. Deus revela isso? Quando saí da igreja ele me amaldiçoou, e disse que jamais seríamos felizes em qualquer igreja que fôssemos, pois o caminho da salvação quem conhece é somente ele. A partir daí passei a ser bem criterioso em relação ao cristianismo, mesmo acreditando que Jesus é o caminho a verdade e a vida e que ninguém vai ao pai a não por mim (Jesus).

        Responder
        1. LuDiasBH Autor do post

          José Henrique

          Você me fez dar uma boa gargalhada com a visão do tal sujeito, pois me parece que essa mentira acontece em várias denominações (ou seitas) com o objetivo de prender o fiel (cliente) através do medo. Todo cliente que sai, é um dízimo a menos. Muito cuidado com essa fábrica de crueldade e mentiras deslavadas.

          Parece-me que este tipo de golpe vem se propagando. Uma de minhas amigas contou-me que o irmão dela, fiel devoto (ou tolo) de certa denominação, contou-lhe que o “p” de sua igreja revelou para ele, que lhe fora revelado por Deus, que iria acontecer uma grande desgraça com ela e a família. E somente a presença de toda a família na tal igreja cortaria o mal. Ela o mandou plantar batatas e passa muito bem… risos.

          Pessoas inteligentes, com um mínimo de bom senso não caem na conversa idiota desses tais que falam com Deus, que é puro amor, e deseja o bem de toda a humanidade. O mais poderoso templo é o seu coração. O resto é balela.

          Abraços,

          Lu

    1. LuDiasBH Autor do post

      Samara

      Acho que houve um probleminha com o seu comentário.

      Muito obrigada por nos visitar.
      Volte sempre.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *