OS MOSAICOS DA IGREJA DE SÃO VITAL

Autoria de LuDiasBH

Laoc1    Laoc12

A Igreja de São Vital, situada na cidade de Ravena, na Itália, e construída lá pelo meio do século VI, é tida como uma das obras-primas da arquitetura da arte bizantina, capaz de deixar o visitante extasiado. Além da beleza das diferenças entre luz e sombra, os mosaicos ali existentes são um esplendor à parte.

A técnica do mosaico (imagens formadas a partir de pastilhas coloridas, normalmente de vidro, unidas com gesso) tão incorporada pela arte bizantina, originou-se da técnica romana, na qual se distinguiam os artistas orientais, no entanto, havia diferenças entre uma arte e outra.

Na semicúpula da abside da Igreja de São Vital, de frente para o observador, na parte que representa o Céu, estão cinco figuras. No meio, está Cristo, sentado sobre um globo azul, representando o Universo. Ele usa usa túnica de tecido purpurino, bordada em ouro e cheia de estrelas. Com o braço direito estendido, traz na mão a coroa de Imperador do Cosmo e um bastão dourado, e na esquerda, o Evangelho. Representado como o Imperador do Mundo, o Evangelho, que segura, simboliza a lei através da qual governa.

Abaixo do globo, na parte verde representando a natureza, estão quatro pequenos rios, que parecem fluir de seu trono. Simbolizam os rios da graça divina que dão vida ao campo coberto de flores, onde se destacam os lírios.

Cristo está ladeado por dois arcanjos vestidos de branco, como se ali estivessem para zelar pelo seu imperador. À direita do Redentor, após o anjo, encontra-se São Vital, padroeiro da Igreja. Ele está elegantemente vestido. Em sinal de humildade, esconde suas mãos sob o manto bordado. No lado contrário, também depois do anjo, está o bispo Ecclesius da cidade de Ravena, usando os paramentos religiosos, e trazendo nas mãos o modelo da igreja de São Vital.

Como uma característica da arte bizantina, as figuras são rígidas e as expressões faciais mostram grande imobilidade. O fundo dourado demosntra o esplendor da riqueza. Abaixo do mosaico em questão encontram-se dois outros. No da esquerda está o Imperador Justiniano e no da direita a Imperatriz Teodora.

Nota: Quanto à coroa na mão de Cristo, há também a interpretação de que ela esteja sendo entregue a São Vital, coroado como mártir.

Fontes de pesquisa
Para entender a arte/ Maria Carla Prette
História da Arte Ocidental/ Editora Rideel
https://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.sacred-destinations.com/italy/ravenna-san-vitale&prev=search

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *