Pietro Perugino – MADONA E MENINO ENTRE…

Autoria de LuDiasBH

mamen

A composição Madona e Menino entre São Sebastião e São João Bastista é uma obra do pintor italiano Pietro Perugino (c. 1448-1523), tido como um dos mais renomados mestres da Escola da Úmbria e um precursor do Alto Renascimento. Fez parte da guilda de pintores de Florença, podendo ter sido aluno de Andrea Verrochio e Piero della Francesca. Foi um artista de  colorido suave e de composições equilibradas. Foi professor de Rafael Sanzio.

Em sua equilibrada pintura, o artista coloca, em primeiro plano, uma base retangular, com a frente belamente trabalhada, que serve de apoio para o banco em que se encontra sentada a Virgem Maria com seu Menino no colo. Ela usa um vestido vermelho com um manto escuro nos ombros e um azul jogado no colo, cobrindo-lhe os membros inferiores. O Menino, sentado no joelho direito da Virgem, volta a cabecinha e seu olhar para São João Batista, enquanto a Virgem traz a cabeça voltada para a direita, com certa tristeza na fisionomia.

Um pouco atrás do trono da Virgem estão os dois santos: São João Batista, à esquerda, e São Sebastião, à direita. O primeiro, com os olhos voltados para baixo, usa um colete de couro e um manto vermelho, e traz na mão esquerda uma longa cruz, enquanto com a direita aponta para o Menino. O segundo usa apenas um pequeno xale que lhe oculta a região pubiana. Traz duas flechas em seu corpo, uma no pescoço e outra no braço esquerdo. De seus ferimentos jorra sangue. Possui o corpo bem torneado e a cabeça voltada para o alto, em atitude de meditação.

A composição, ao fundo, é bela em sua arquitetura. Às costas dos santos ergue-se um par de Pilares. E atrás de cada um deles, dispostos numa certa distância, levantam-se mais dois outros, sendo seis no total. Uma série de arcos contíguos compõem o pórtico. Mais ao fundo surge uma enorme paisagem com pequenas elevações e árvores finas.

Esta obra foi feita para adornar a capela da família da doadora, Cornelia Salviati, viúva do mercador veneziano Giovanni Martini. Perugino tomou o rosto de Chiara Fancelli, sua esposa, como modelo para o da Madona.

Ficha técnica
Ano: 1493
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 178 x 164 cm
Localização: Galleria deglu Uffizi, Florença, Itália

Fontes de pesquisa
A Enciclopédia dos Museus/ Mirador
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *