Tarsila – CARTÃO POSTAL

Autoria de LuDiasBH

Tarsila123456789

A composição Cartão Postal, obra da artista brasileira Tarsila do Amaral, retrata a cidade do Rio de Janeiro, nosso mais belo cartão postal, cantada em verso e prosa em todo o mundo. O macaco presente na pintura, com um filhote nas costas, é um bicho antropofágico, que simboliza a antropofagia do Movimento do qual participava a pintora.

A obra Cartão Postal faz parte da Fase Antropofágica da pintora, considerada a mais importante de sua carreira. Dessa fase também são as obras Abaporu (1928), O Lago (1928), O Ovo (1928), A Lua (1928) e Antropofagia (1929).

O movimento antropofágico foi liderado por seu marido à época, Oswald de Andrade, e iniciado com o quadro Abaporu da pintora, já visto no blog. O objetivo desse movimento era apreender a arte estrangeira, principalmente a europeia, degluti-la e dessa pasta, criar uma arte que fosse o mais brasileira possível.

Ficha técnica
Ano: 1929
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 127,5 x 142,5 cm
Localização: Coleção particular

2 comentários sobre “Tarsila – CARTÃO POSTAL

  1. Alfredo Domingos

    Lu,
    Esta obra é outro clássico de Tarsila.
    Observando bem, encontramos um Rio quase primitivo, com raras construções. Há um realce, em primeiro plano, para o verde, incluindo o macaco amparando o seu filhote. Até o Pão de Açúcar, ícone do Rio, faz papel secundário, em prol da pujança da vegetação nativa. Vemos o cenário de uma cidade que não existe mais, infelizmente. É memória importante de época passada, nestas terras cariocas. Finalmente, registro que o seu texto abrilhantou a arte de Tarsila.
    Abraço,
    Alfredo Domingos.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Alf

      Eu sou uma apaixonada pela pintura de Tarsila do Amaral.
      Quando me propus a escrever sobre ela, iria pegar sós cinco obras suas, mas acabei escrevendo sobre dez.
      Aguarde: Abaporu, Operários, Negra, Antropofagia, Segunda Classe…

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *