Veronese – ALEGORIA DO AMOR: INFIDELIDADE

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

aldain

A composição Alegoria do Amor: Infidelidade, também conhecida por Disputa do Amor, é uma obra do pintor italiano Paulo Veronese, que fez uma série de quatro alegorias relativas ao amor, denominadas: “Respeito”, “Infidelidade”, “União Feliz” e “Desdém”, cujos significados precisos ainda estão encobertos, trabalhando os estudiosos apenas com suposições.

A tela em questão apresenta um pequeno grupo, onde estão inclusos uma mulher nua, que é a figura principal da composição, dois homens, sendo um soldado e um jovem, e duas crianças (putti), tendo por fundo um céu azul-acinzentado. Os personagens estão sob um dossel formado pelos galhos folhosos de possantes árvores.

A mulher encontra-se no meio da composição, de costas para o observador, sobre um manto verde. Ela traz na mão uma carta secreta, que repassa ao jovem, ou recebe desse. Seus braços abertos formam um harmonioso arco, que une o soldado sentado, à direita, ao jovem de pé, à esquerda. Seus cabelos dourados, penteados em tranças, são iluminados por toques de luz. Usa enfeites na cabeça, um colar de pérolas no pescoço e uma pulseira no pulso esquerdo. Uma das crianças segura sua perna esquerda.

Existe a teoria de que esta pintura refere-se a um triângulo amoroso clássico, conforme leva a crer a presença de Cupido na composição, à esquerda, observando a cena meio de perfil. Os trajes e os penteados vistos na pintura remetem a uma data no século XVI. É provável que a série em questão tenha sido criada para decorar um teto.

Ficha técnica
Ano: c. 1575-80
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 189 x 189 cm
Localização: Galeria Nacional, Londres, Grã-Bretanha

Fontes de pesquisa
Enciclopédia dos Museus/ Mirador
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann
https://www.nationalgallery.org.uk/paintings/paolo-veronese-unfaithfulness

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *